15 motivos pelos quais os espaços de trabalho não funcionam

Data 18/07/2012

Pense por um minuto no seu espaço de trabalho: você gosta dele? Ou uma olhada rápida permitiria que você apontasse uma série de mudanças no ambiente? O seu local de trabalho é também o local onde você passa grande parte do seu dia, portanto, é essencial que ele seja agradável.

No entanto, não é exatamente isso que acontece. Os antigos modelos ainda são muito presentes nas empresas, deixando os funcionários separados em cubículos desagradáveis e que não incentivam a produtividade. Confira os principais motivos pelos quais os espaços de trabalho não funcionam: 

1. Eles não refletem o tipo de serviço

Um cubículo ou uma mesa pequena provavelmente só são ótimos para certos tipos de trabalho, mas podem ser um dos maiores problemas em outras áreas. Se o seu trabalho é colaborativo, requer muito espaço ou pode ser mais bem realizado utilizando num espaço amplo o melhor é que o seu espaço de trabalho ofereça tudo isso. Se o seu ambiente de trabalho não reflete as suas necessidades ou as funções que são desenvolvidas ali, a produtividade acaba sendo afetada.  

2. Eles estão presos no passado

A média de espaço no escritório não mudou durante as últimas décadas. As coisas ainda são organizadas da mesma maneira, como pessoas trabalhando nos mesmos espaços limitados. No entanto, embora os espaços de trabalho tenham permanecido os mesmos, a maneira de trabalhar mudou, especialmente quando se trata da necessidade de tecnologia. Essa desconexão entre as necessidades do trabalhador moderno e os espaços de trabalho antigos impede o bom andamento do trabalho. 

3. Eles são desconfortáveis

Muito embora a ergonomia tenha se tornado uma preocupação bastante comum nos escritórios atuais, nem todos os espaços de trabalho refletem totalmente esses problemas. O desconforto causa mais impacto do que as pessoas percebem, tornando o trabalho literalmente doloroso. 

4. Eles desconsideram a vida fora do trabalho

O ideal é que você esqueça a vida pessoal enquanto trabalha, mas, na prática, não é isso que acontece. Por isso, os espaços de trabalho precisam levar isso em conta e tornarem possível para os seus funcionários administrar seus afazeres pessoais mesmo durante o expediente. No entanto, é necessário que o funcionário tenha noção da sua liberdade e não abuse do benefício. 

5. Eles não são flexíveis

Embora muitas pessoas tenham uma rotina estabelecida, essa verdade não se aplica a todos os funcionários. Na verdade, as tarefas de hoje em dia exigem muito mais flexibilidade para desempenhar diversas tarefas diferentes. Infelizmente, a maioria dos espaços de trabalho não suportam essas necessidades e acabam prendendo o funcionário nas mesmas tarefas entediantes de sempre. 

6. Eles criam um ambiente de distrações

Os espaços de trabalho podem ser bastante perturbadores e não foram criados para favorecer a concentração dos empregados. Por esse motivo os funcionários se distraem facilmente conversando com colegas de trabalho, tentando fazer com que a sua cadeira pare de ranger ou mesmo planejando as suas próximas férias.

7. Eles não refletem equilíbrio

Apesar de ser um espaço de trabalho, o ambiente deve refletir, também, quem você é e até mesmo a sua vida fora do trabalho. Embora você possa acreditar que manter-se focado única e exclusivamente em assuntos relacionados ao trabalho poderá aumentar a sua produtividade, a verdade é que dar uma pausa para o seu cérebro garante mais equilíbrio para resolver todos os seus problemas, sejam eles de ordem pessoal ou profissional. 

8. Eles não fluem

A maioria dos trabalhadores usa o espaço melhor depois de entrar em determinado ritmo, quase sem perder nenhum projeto ou tarefa. Entretanto, o espaço de trabalho nem sempre é inteligente e contribui para manter a fluidez do trabalho e acabam criando obstáculos, especialmente em trabalhos conjuntos

9. Eles são cronicamente desorganizados

Falta de organização não vai trazer nenhuma contribuição quando se trata de resolver os problemas de trabalho. Você pode passar vários minutos do dia procurando arquivos e documentos necessários para completar uma tarefa e, simplesmente, não ser capaz de encontrá-los dentro do seu cubículo. 

10. Eles são ineficientes

O espaço de trabalho inadequado contribui para que os funcionários passem mais tempo que o necessário realizando uma tarefa. Isso acontece especialmente porque a disposição do escritório é feita de uma forma ineficiente, que impossibilita a agilidade de trabalho. O ideal é que todos os materiais necessários para realizar o seu trabalho estejam fáceis de alcançar e, de preferências, dispostos de maneira que não causem muito esforço para o funcionário. 

11. Existe muita tecnologia inútil

Possuir a última tecnologia na sua área de trabalho pode ser um ótimo sinal de status, mas será que ele é realmente necessário para a realização das suas tarefas. Em muitos casos a tecnologia, por mais legal que pareça, pode retardar o processo de trabalho e torná-lo mais chato. Avalie o seu próprio espaço para ver quais recursos tecnológicos ali são dispensáveis. 

12. Os itens necessários estão fora do alcance

Um dos principais motivos que torna os escritórios em ambientes ineficientes é o fato de que os materiais necessários para a realização do trabalho estão sempre distantes. Um exemplo claro desse problema são os longos corredores que os funcionários precisam cruzar cada vez que enviam um documento para a impressora. O tempo que esse trabalhador perde no caminho poderia gerar mais produtividade se investido efetivamente no trabalho. 

13. Eles não promovem a colaboração

Nenhum projeto pode ser desenvolvido sem nenhum tipo de apoio. Embora a colaboração entre funcionários – e até mesmo entre equipes – seja cada dia mais necessária no ambiente de trabalho, o espaço não contribui para esse tipo de comportamento. Mesas pequenas, cubículos fechados e distância entre setores são só alguns exemplos que atrapalham o trabalho colaborativo. 

14. Eles são iguais para todos

Embora o conceito de padronização seja necessário em alguns casos no ambiente de trabalho, não é possível assumir que o que é bom para um funcionário será bom para todos. 

15. Eles não são inspiradores

É difícil exigir alguma coisa dos trabalhadores se o seu espaço de trabalho não passa de um lugar sério e sombrio. Isso não significa que eles devam ser brilhantes, coloridos e barulhentos, mas fornecer um ambiente alegre já pode contribuir para a produtividade. Existem muitas maneiras de transformar um lugar e, em muitos casos, uma simples foto no local já funciona.

 

Essa notícia foi publicada no site Universia, em 13/07/2012