6 dicas para ajudar sua empresa a economizar dinheiro na crise

Data 04/08/2016

A necessidade de otimizar processos e reduzir despesas é uma realidade para as empresas brasileiras. Todas as áreas são afetadas por essa necessidade, porém, cabe ao departamento de recursos humanos apontar respostas efetivas para o planejamento estratégico das organizações.

Minimizar erros e gastos dão mais credibilidade às políticas de RH e ajudam no comprometimento das pessoas com o trabalho. Conheça algumas dicas que ajudarão na redução de custos de maneira sustentável.

1 – Otimizar a jornada de trabalho

Para eficiência no trabalho, é necessário aproveitar ao máximo o tempo que cada colaborador está na empresa. Para isso é preciso que haja foco no desenvolvimento do trabalho. As reuniões de trabalho, por exemplo, precisam ocorrer somente quando necessárias e devem ter horário de início e término previstos. A ideia é que elas sejam rápidas e eficientes.

Os benefícios ao otimizar a jornada de trabalho são sentidos tanto pela empresa, que economiza em horas extras e outros insumos, quanto pelo trabalhador, que realiza suas atividades com mais eficiência e qualidade.

2 – Gerenciar custos com benefícios

Uma gestão eficaz de benefícios pode render uma economia substancial à organização. Adequar a distribuição deles às reais necessidades dos colaboradores, ou seja, considerando no cálculo eventos como folgas, afastamentos e férias, garante que os funcionários fiquem satisfeitos e a empresa atenda à legislação. 

Cabe aos gestores de Recursos Humanos avaliar quais os benefícios garantidos por lei e o que é passível de modificações e implementações. Para apoiar nessa tarefa, a LG lugar de gente possui o Gen.te Valoriza – Benefícios, uma solução de tecnologia que automatiza a política de concessão de benefícios na sua empresa. Conheça mais sobre a solução clicando aqui.

3 – Saber calcular custos de demissão

É importante entender quais custos uma demissão de funcionários irá gerar. Muitas empresas, em momentos de crise, demitem muito e quando se dão conta dos valores a pagar, notam que seria melhor adotar outra estratégia. 

É papel dos gestores de RH apresentar tais dados, juntamente com valores de contratação e treinamento de pessoas para a mesma função em um futuro melhor. Isso quer dizer que dependendo do valor, quando surgir necessidade de outra contratação, haverá transtornos também em relação ao desenvolvimento do trabalho de novos empregados que não terão experiência.

4 – Otimizar processos

A área de RH tem como uma de suas atribuições a gestão de pessoas, ou seja, promover um ambiente adequado para o melhor desenvolvimento do trabalho e para a evolução de cada profissional, resultando em benefícios para a empresa.

No entanto, quando não há visão dos colaboradores sobre os processos mais amplos e estratégicos da organização, o fluxo de trabalho pode ser ineficiente e as pessoas não pensarem no coletivo, mas sim no individual. 

Cabe aos gestores de RH, então, enxergarem a importância das pessoas em cada operação e promover treinamentos para aperfeiçoá-las ou realizar a troca daqueles que não se adequaram. Somente assim é possível otimizar os processos, ganhar qualidade no desenvolvimento do trabalho e reduzir despesas e tempo.

5 – Apostar em treinamentos

Os treinamentos são essenciais para a redução de despesas no RH. Isso porque funcionários bem treinados dão retorno positivo para empresa, que pode ser percebido pela satisfação dos clientes, pela performance no desenvolvimento do trabalho e pelo faturamento em si. 

Ao optar por treinamentos contínuos dos colaboradores, a empresa evita também transtornos e custos emergenciais em casos de férias ou doenças. A LG lugar de gente possui o Gen.te Aprende – Treinamento, uma solução que permite o desenvolvimento de pessoas através de capacitação personalizável, levando em conta as lacunas de competências e as habilidades do funcionário. Conheça esse produto clicando aqui. 

6 – Focar em tecnologias

A tecnologia surge como aliada na redução de despesas do departamento de RH. Isso porque ela pode simplificar e padronizar processos, economizando tempo dos gestores e auxiliando na gestão de pessoas de uma organização. 

Algumas plataformas permitem administração de processos como gestão de folha de pagamento e ponto, benefícios, saúde, segurança do trabalho, recrutamento e seleção, avaliações de desempenho e treinamento e desenvolvimento

Além disso, as tecnologias ajudam também o colaborador, nos casos de TVs corporativas e outros meios de comunicação com o público interno da organização. 

É importante destacar que a implementação desse tipo de serviço onera em custos num primeiro momento, porém otimiza em muitos outros, se tornando mais rentável e proveitosa. 

Quer saber mais sobre como as tecnologias da LG lugar de gente podem apoiar você e sua organização a economizar dinheiro e tornar a gestão de pessoas ainda mais eficiente? Entre em contato com um consultor comercial, agendando uma visita.

Notícias relacionadas:

Empresários apontam a gestão de pessoas como o maior desafio para crescer

Metas? A chave para motivar os funcionários é outra, diz IMD

Por que produtividade é a bola da vez nas empresas

 

 

Compartilhe:

Comentários