61% dos profissionais no Brasil são promovidos por mérito, mostra estudo

Data 30/01/2012

 

A maioria dos gestores gostaria de promover com mais frequência seus subordinados, mas não o faz por limitação dos orçamentos.

No Brasil, a principal razão que leva à promoção dos profissionais é o esforço, o comprometimento e a dedicação ao trabalho. A informação faz parte de um levantamento realizado pela empresa de recrutamento de profissionais Robert Half, para o qual foram consultados 382 gerentes, diretores, supervisores, coordenadores e analistas.

Para 61% dos entrevistados que foram promovidos nos últimos seis meses, a questão de se destacar no trabalho foi essencial para receber a promoção. Esse requisito ficou à frente de outras justificativas comuns, como expansão da empresa (9%), contraproposta (6%) e substituição de um superior (2%).

Por outro lado, 57% dos gestores consultados afirmaram que gostariam de promover com mais frequência seus subordinados, mas não o fazem por limitação dos orçamentos.

O levantamento questionou ainda quais as questões que as empresas levam em consideração para promover um funcionário. A capacidade gerencial apareceu em primeiro lugar, com 30% dos votos, seguida por perfil comportamental, com 21%. Na sequência, com 15% das respostas, foi citada a capacidade técnica.

Essa notícia foi publicada na CIO Online, em 28/06/10.