76% dos funcionários trabalham mesmo quando estão doentes, revela pesquisa

Data 31/01/2012

 

Medo de perder o emprego é apontado como o principal motivo.

76% dos profissionais que deram sua opinião em um levantamento online realizado pelo site de recrutamento Monster.com revelaram que não deixam de trabalhar quando adoecem. O motivo apontado pela maioria (28%): medo de perder o emprego. O estudo recebeu a participação de 33.684 pessoas, de 15 países, e faz parte de uma série de pesquisas com o público da empresa relacionadas a carreiras, economia e ambiente de trabalho.

A pergunta era: "você vai trabalhar quando está doente?" O resultado:

– Sim, o volume de trabalho é grande e não posso perder um dia: 35%

– Sim, na atual situação econômica, tenho medo de perder meu emprego: 28%

– Não, eu trabalho em casa quando estou doente: 13%

– Não, eu descanso até me sentir melhor: 24%

Nos Estados Unidos, 32% dos participantes disseram que continuam trabalhando por medo de perder o emprego. Já na Finlândia, o resultado demonstrou uma maior preocupação dos profissionais com a própria saúde. Lá, 51% disseram que preferem repousar até terem condições de trabalhar novamente.

"Decidir se vai trabalhar ou não quando está doente pode ser uma questão emocional importante para algumas pessoas", diz Jeff Quinn, diretor Sênior de Pesquisas da empresa.

Essa notícia foi publicada no Administradores, em 30/04/10.