A crise é a oportunidade de quem está preparado

Data 18/05/2015

*Por Alexander Baer

Temos visto e vivido no Brasil um constante cenário de lamentações, reclamações, busca de culpados, busca de responsáveis e bodes expiatórios para a dita crise.

Tem crise? Tem! Mas toda crise é uma rara oportunidade de mudar!

Toda mudança é altamente positiva, desde que se esteja preparado para tal. Quando eu pergunto “Quem quer mudar?”, basicamente todo mundo levanta a mão. Porém – sempre tem um porém nesta afirmação – “Mudança sim, desde que seja com o outro”.

Mas vejo que temos três situações para essa crise, de acordo com quem a examina:

Situação 01: para aquelas empresas e profissionais que já estão se preparando de longa data, fazendo todo tipo de análise de mercado e cenário, seja pessimista, provável ou otimista, e se preparando para cada uma delas. E estas empresas e profissionais estão sim, preparados para passar por mais esta crise, pois adequaram suas empresas e profissionais para estes momentos de apertos e certa retração.

Situação 02: para as empresas e profissionais que vão usar a crise para rever seus negócios (custos, desperdícios, gestão, marketing, comercial, gestão da informação, gestão da qualidade e assim por diante), ou seja, empresas que vão aproveitar a maré baixa para fazer a limpeza em casa, buscando as melhorias que precisam ser feitas para aguentar e resistir à crise e, depois que ela acabar, saírem mais preparados e fortificados. Além de conscientes de que estar preparado agora e sempre é um diferencial competitivo.

Situação 03: para aqueles que vão continuar a reclamar, lamentar, buscar culpados, fazer baderna, demitir funcionários sem critério nenhum, cortar verba de marketing e comunicação… Após a crise, essa parcela das pessoas ou empresas vai voltar para suas tocas, ou seja, continuarão sendo acomodadas. E qual será os resultados para eles? O mais óbvio: vão cada vez mais entrar no vermelho, até quebrar.

E o que se pode fazer na crise?

Agora que você já sabe em qual parcela se encaixa, vou dar algumas dicas para passar por cima dessa crise e sair de forma mais fortificada:

Elabore um planejamento estratégico. Trace um rumo para daqui a alguns anos (defina claramente o ano), faça um diagnóstico do ambiente externo (oportunidades do mercado externo para se aproveitar, ameaças do mercado externo para se defender, definição dos pontos fortes da empresa e do profissional para potencializar no mercado interno e externo, definição dos pontos fracos para corrigi-los no menor período possível) e identifique a estratégia (diferenciação, oceano azul, liderança em custos, novos mercados, novos produtos e serviços, vender mais para os clientes atuais e diversificação, etc.). Tudo isso dividido em planos de ação a curto, médio e longo prazos, facilitando assim a obtenção dos resultados nos objetivos e metas traçadas.

Busque uma redução de custos ou, mais propriamente dito, a busca pelo desperdício zero. Sabemos que o desperdício é um canal por onde se joga diariamente, mensalmente e anualmente muito dinheiro na lata de lixo. Logo, para conter esse desperdício, as empresas devem lançar mão de ferramentas de gestão da qualidade, melhoria dos processos e melhoria contínua. Ou seja, fechar de uma vez por todas as torneiras do desperdício.

Invista na melhoria das informações de gestão da empresa e dos profissionais através de sistemas de gestão gerencial. Informação on-line e em tempo real para tomada de decisões é indispensável.

Forme e capacite os gestores e as equipes. Nos dias de hoje, através da internet, EAD, DVDs e muitas outras ferramentas tecnológicas (e a custos muito baixos), as empresas e os profissionais podem se preparar em relação ao conhecimento, criatividade, inovação, melhoria contínua, marketing, liderança e assim por diante. Basta querer.

Reveja o plano de marketing e comunicação para identificar claramente quem é o cliente interno e externo, onde ele está e como ele é (aqui uma pesquisa de mercado vai muito bem para identificar claramente este cliente e/ou novos mercados). Nos dias de hoje, a propaganda certa é a alma do negócio! Em vez de dar um tiro de canhão na comunicação e não acertar ninguém, é melhor dar um tiro de laser com mira nas redes sociais. Afinal, como já dizia Chacrinha, “Quem não se comunica, se trumbica”.

Venda mais para os clientes atuais, pois com toda certeza, nem todos os clientes conhecem todos os seus produtos e serviços. Busque novos mercados e novos canais de distribuição (como, por exemplo, um site com e-commerce). Nos dias de hoje, quem está fora da web, está morto.

Desenvolva novos produtos e serviços para vender aos clientes atuais e os novos clientes/mercado que serão conquistados com as dicas acima.

Enfim, amigos, é plenamente possível irmos longe. O que não podemos fazer é nos acomodar! Afinal, a crise é a oportunidade de quem está preparado.

*Alexander Baer é Presidente da Alexander Baer e Associados, Palestrante Profissional, Professor Convidado do MBA da Fundação Getúlio Vargas e Fundação Getúlio Vargas Corporativa, e também Coach Estratégico, com atuação nacional nas áreas de Planejamento Estratégico Organizacional e de Vida e Carreira.

Compartilhe:

Comentários