A elegância da liderança

Data 22/02/2012

*Por César Ayer

Muitos livros, treinamentos, palestras e workshops ensinam como liderar de forma mais eficaz, desejo que continue assim! Todos estes caminhos colaboram e impulsionam as lideranças para obterem excelentes resultados. Pensando nisso, acredito que uma das mais importantes competências para um bom líder esteja sendo negligenciada.

Vou pedir licença a você, leitor deste texto, para chamar o comportamento desta competência de “elegância”. Mas qual o significado da palavra e, principalmente, qual é a sua prática no contexto da liderança? A palavra elegância (latim elegantia, gosto, delicadeza, distinção) significa o gosto delicado no trajar, no falar, delicadeza e distinção aliada à simplicidade e clareza.  A pergunta é bem simples: o quanto estamos vivenciando este comportamento nos mais variados contextos da vida?

Seja no contexto familiar, profissional, afetivo, de amizades etc., até que ponto as lideranças atuais nas organizações praticam a elegância como competência para o aprimoramento de suas relações interpessoais? Para uma comunicação mais eficaz? Ou até mesmo na prática de uma liderança mais orientadora, participativa e menos punitiva e na formação de novas lideranças baseadas em princípios e valores?

No exercício diário da convivência humana a disciplina define o nosso tipo de educação. Quando as coisas vão bem é mais natural que sejamos elegantes, afinal, conseguimos ser mais pacientes, mais educados, mais tolerantes e até mesmo mais humanos. A elegância como competência chave abre as portas para o seu sucesso.

A elegância é uma forma nobre de tratamento que possibilita relações mais saudáveis e sustentáveis, uma comunicação mais assertiva, comprometimento pessoal e principalmente gratidão. Você que lê este texto e que exerce o papel de líder, faça uma avaliação da prática diária desta competência junto a sua equipe e do que é necessário fazer para tornar esta prática natural em qualquer nível de liderança. A busca por essa competência cria melhores caminhos para que resultados sejam atingidos com maior sentido de propósito, comprometimento e satisfação das pessoas envolvidas.

Como você quer ser visto como líder? Elegante ou deselegante? Pense nisso. A decisão é sua!

César Ayer é consultor e trainer da Crescimentum. Formado em Administração de Empresas e Pós-Graduado em Marketing pela Universidade Paulista. Consultor em treinamento e desenvolvimento. Especialista em treinamentos comportamentais nas áreas de Gestão Intra e Interpessoal, Comunicação Pessoal, Formação de Equipes de Alta Performance, Liderança, Negociação e Técnicas de Apresentação.