fbpx

Apenas 42% das empresas oferecem incentivos à alimentação saudável dos funcionários

Data 25/01/2016

Mais de 50% das empresas que atuam no Brasil não oferecem quaisquer incentivos para que seus colaboradores tenham uma alimentação saudável. Há, entretanto, diversas organizações que estão na contramão dessa postura: das 42% que estimulam a saudabilidade, 28% delas oferecem o café da manhã, 15% disponibilizam o lanche da tarde e 14% incluem frutas entre os alimentos à disposição de seus funcionários.

Os dados são da 2ª edição da Pesquisa Alelo Hábitos Alimentares do Trabalhador Brasileiro, realizada pela Alelo em parceria com o Conecta-i, do Instituto Ibope. O estudo, único levantamento do gênero no país, ouviu em 2015 mais de 3 mil entrevistados, de 12 capitais brasileiras e cidades do interior, em busca de informações sobre o comportamento dos trabalhadores quanto à alimentação e à prática de atividades físicas.

42% das empresas oferecem incentivos à alimentação saudável dos funcionários

Embora a maioria das empresas não ofereça o café da manhã, é alto o número de trabalhadores que afirmam fazer a primeira refeição do dia no escritório: 75%, um aumento de seis pontos percentuais em relação a 2014, quando 69% dos profissionais afirmavam ter esse hábito. 

A indicação de que 41% dos profissionais possuem uma jornada de 6 a 8 horas de trabalho e a constatação de que apenas 7% escolhem o estabelecimento em que almoçam tendo como prioridade a oferta de alimentos saudáveis do local alertam para uma possível ameaça à saúde e à produtividade do brasileiro.

Isso porque, segundo um estudo feito em 2012 pela Brigham Young University com 20 mil trabalhadores, indivíduos que não ingerem frutas, verduras, legumes e outros alimentos saudáveis durante o expediente têm até 93% mais chances de apresentarem problemas – como indigestão, incômodos abdominais e fraquezas – que podem culminar com baixa produtividade.

Essa notícia foi publicada no site da Revista Melhor Gestão de Pessoas, em 22/01/2016

Notícias relacionadas: 

Pesquisa revela condições de saúde no mundo corporativo

Investir na saúde do profissional vira diferencial nas empresas

Empresas apostam em benefícios de saúde para reter talentos

Compartilhe:
Comentários