Aumenta a presença de mulheres em empresas tidas como melhores para se trabalhar

Data 19/08/2013

Entre as empresas escolhidas pela pesquisa Great Place to Work, metade da força de trabalho é feminina. O ranking é feito a cada ano desde 1997. Na primeira vez, notou-se que, entre as organizações que foram consideradas as melhores, apenas 25% da mão de obra era feminina.

Esse percentual foi aumentando e, em 2013, chegou a 50%.

O aumento pode não ter sido uma coincidência: em 35% das empresas do ranking há políticas para possibilitar a ascensão profissional de mulheres.

Um outro número que subiu de 1997 para cá foi o das mulheres em cargos de gestão. Há 17 anos, 11% desses postos eram de executivas mulheres. Isso aumentou 30 pontos percentuais e chegou a 41% em 2013.

 

*Essa notícia foi publicada no site Folha de São Paulo, em 16/08/2013

Compartilhe:

Comentários