Baixo desempenho da equipe. O que o líder pode fazer?

Data 02/05/2012

Por isso, o líder deve ficar atento aos primeiros sinais de um desempenho negativo junto aos membros da sua equipe. Confira abaixo, algumas ações que podem ajudar a liderança a lidar com uma situação como essa.

1 – Faça uma avaliação de sua gestão. Tente identificar não apenas os pontos considerados fortes, mas também aqueles fracos e que precisam ser trabalhados. Afinal todo profissional precisa estar em constante processo de evolução seja técnico ou comportamental e a liderança não é uma exceção.

2 – Realize um levantamento dos principais fatores que ocorreram nos últimos meses na empresa e que podem ou não ter influenciado o comprometimento, a entrega dos colaboradores da sua equipe.

3 – Caso existam ferramentas como pesquisa de clima organizacional, analise os resultados obtidos e veja se algum fator pode estar afetando direta ou indiretamente a realidade da sua equipe.

4 – Se possível, converse com outros gestores para saber se o problema da baixa de desempenho é um problema isolado da sua equipe ou se o mesmo está sendo evidenciado em outros setores da organização.

5 – Existe presença de conflitos na equipe e os fatores conflitantes que estejam prejudicando o clima? Se você não parou para observar esse detalhe, fique mais atento.

6 – As metas estabelecidas para seus liderados são utópicas? Ou seja, podem ser alcançadas em período pré-estabelecido ou eles estão altamente estressados com o volume de trabalho e prestes a entrarem no "desespero" para atingirem as metas? O ser humano tem limites, não esqueça.

7 – A empresa oferece as condições necessárias para a obtenção de resultados? Caso contrário, busque alternativas junto à diretoria e troque ideias com sua equipe para que as atividades sejam otimizadas e todos tenham um melhor aproveitamento em suas respectivas atividades. Nesse momento, o espírito de equipe sempre é um diferencial.

8 – Conversar com os membros do time em duas linhas: coletiva e individualmente. Procure identificar, na visão do time, quais os fatores que estão afetando o desempenho da equipe.

9 – Quando necessário, reavaliar as estratégias e adote novas ações para a obtenção dos resultados mais expressivos. Muitas vezes, soluções consideradas simples são a solução para problemas que podem ganhar proporções significativas.

10 – Não espere chegar os 45 minutos do segundo tempo, para somente entender que é preciso tomar uma decisão para reverter a situação que está comprometendo o desempenho do time. Não pense que tudo será solucionado em um ou dois dias, porque o tempo não espera nem por aqueles que têm boa vontade.

Esta notícia foi publicada na RH.com.br em 25/04/2012