Brasileiros cogitam “largar tudo” para começar uma nova carreira

Data 29/07/2013

A maioria das pessoas empregadas gostaria de mudar de carreira e atuar em algo mais ligado à sua personalidade. É o que revela o levantamento realizado pela Pactive Consultoria, empresa especializada em gestão de pessoas.

Segundo a pesquisa,58% dos profissionais brasileiros já pensaram em "largar tudo" para iniciar uma nova carreira. Sendo que 26% pensam sobre o assunto muitas vezes e 32%, algumas.Além disso, mais de seis em cada dez entrevistados (65%), gostariam de fazer algo que tenha mais afinidade com a personalidade de cada um.

A remuneração e a falta de reconhecimento são os pontos cruciais na desmotivação dos profissionais e foram mencionados, respectivamente, por 35% e 32% dos entrevistados. Além disso, 70% dos entrevistados o trabalho interfere muito (39%) ou razoavelmente (31%) na felicidade pessoal.

A autorrealização é o principal fator de motivação para mais da metade dos respondentes (53%). Entre os impedimentos para dar um novo direcionamento na carreira, os mais mencionados foram: medo de arriscar (31%), incerteza daquilo que gosta (16%) e falta de qualificação (16%).

Foram ouvidas mais de mil pessoas – todas empregadas – em 22 estados brasileiros, com idade média de 35 anos, sendo que 66% dos entrevistados possui, pelo menos, nível superior completo.

 


*Essa notícia foi publicada no site Você RH, em 23/07/2013

Comentários