Com a Qualidade 3.0 empresas procuram o bem-estar em todas as esferas

Data 12/01/2011

 

Premiar funcionários não significa apenas conceder benefícios extras no pagamento. Em muitos casos, o reconhecimento vale muito mais

Eles estão por toda a parte. Os programas de qualidade de vida das empresas cresceram, ganharam importância e, hoje, estruturados e profissionalizados, fazem uma bela diferença na hora de manter funcionários felizes e trabalhando a todo vapor. São eles que atuam para motivar e valorizar equipes de trabalho e incluem campanhas de incentivo, entretenimento, alimentação, saúde, educação e mobilidade. Todavia, para serem eficientes, é preciso bem mais que oferecer um espaço confortável para o cafezinho. São necessárias conscientização e possibilidades para que os colaboradores promovam o bem-estar no trabalho e fora dele.

“A preocupação com a qualidade de vida hoje é um fenômeno global”, diz Cláudio Andrade, coach de sustentabilidade nos relacionamentos empresariais. Ele explica que o ideal é que as organizações pensem na qualidade de vida de uma maneira mais integrada e nos impactos sobre suas ações na comunidade, que envolva diferentes aspectos da vida do trabalhador e não apenas ofereça alguns benefícios no trabalho.

Essa maneira de trabalhar a questão é o que ele chama de Qualidade 3.0, termo por meio do qual ele classifica as empresas que apostam em uma abordagem mais coletiva da qualidade de viver que vai além do negócio e inclui as gerações futuras. “Uma cultura baseada primeiramente na qualidade de vida de seus trabalhadores diminui inclusive gastos com turnover, desligamentos, novas contratações e possibilidade de afastamentos. Um bom ambiente de trabalho é mais produtivo e, consequentemente, mais lucrativo”, diz Cláudio

A Qualidade 3.0 compreende ações baseadas em três pilares: diálogo e aprendizado, participação na solução dos problemas e acolhimento da diversidade. “Esse tipo de programa requer da empresa um investimento maior em relacionamento e propicia mais educação e comunicação. Ele oferece ainda aprendizagem para que os colaboradores se conscientizem para cuidar deles mesmos e dos outros”, ensina o coach.

Qualidade total

Os programas de qualidade de vida devem, segundo o especialista, ser vistos a partir de uma cadeia ampla, resultado de uma discussão transdisciplinar. Um exemplo de iniciativa bem estruturada e completa é o da Nextel que, em setembro de 2009, lançou o Você em Equilíbrio para incentivar a qualidade de vida entre os colaboradores. “O projeto tem o portal homônimo como principal base da ação e fonte de informação e de troca de experiência entre os colaboradores”, explica Roberta Germano, gerente de Comunicação Interna da Nextel e responsável pelo programa. A plataforma digital possibilita que os funcionários conheçam diversas formas de bem-estar e possam adotá-las tanto no ambiente de trabalho quanto no dia a dia particular.

O programa da Nextel procura abranger a qualidade de vida nas esferas física, social e emocional e, para tanto, é dividido em cinco fases: Você em harmonia com o seu corpo, com informações sobre atividades físicas, nutrição e estética; Você mais tranquilo, que trata de segurança física, financeira e emocional; Você e o mundo, que tem como objetivo o bem-estar da família, maternidade, lazer e convivência social; Você de olho no futuro, que aborda temas ligados à auto-estima, cidadania e responsabilidade social e ambiental; Você de bem com você, que trata de autoconhecimento, autodesenvolvimento e autorrealização. “O conteúdo do portal foi construído aos poucos, conforme os interesses e sugestões dos colaboradores”, explica Roberta.

O site é o fio condutor das ações da Nextel e os funcionários participam com tudo: “50% dos usuários participam ativamente das ações do site, enviando sugestões ou se inscrevendo para as ações. Além disso, eles respondem a enquetes semanais sobre assuntos diversos e o resultado direciona as próximas ações”, conta Roberta. O conteúdo é elaborado por consultores renomados, de diferentes áreas de atuação, como fitness, economia, dermatologia, psicologia, nutrição e outros. Consultas com nutricionistas, parcerias com academias e farmácias, entre outras ações, também fazem parte do programa. No espaço da internet, que já recebeu mais de 60 mil visitas, além de terem acesso às informações as pessoas podem formar redes sociais de interesses em comum.

O resultado é um programa dinâmico e encaixado às necessidades dos grandes beneficiados.

A grande novidade da iniciativa da Nextel foi entregue aos profissionais da empresa agora no fim de 2010: é o espaço Você em Equilíbrio, criado nos terraços dos prédios da empresa em São Paulo. “Lá, os funcionários podem relaxar, se divertir, conversar com os amigos, entre outras atividades. Essa foi uma sugestão de melhoria citada na pesquisa sobre a Geração Y”, explica Roberta.

Essa notícia foi publicada no Canal RH, em 06/01/10.