Como administrar momentos de tensão no trabalho?

Data 17/08/2011

 

Você acorda no horário de sempre, segue para o trabalho, o trânsito não oferece engarrafamentos quilométricos, o sol marca presença no céu e tudo parece conspirar para que o dia seja calmo. Ao chegar à empresa, estaciona o carro à sombra de uma árvore. Melhor? Impossível. Mas, basta entrar na sala que rapidamente seu líder o chama e nem o deixa ligar o micro. Afobado, ele relata que precisa de um relatório em caráter urgente e essa tarefa será incumbida apenas a você. A boa notícia é que sua competência foi reconhecida, mas existe aquele efeito surpresa que nem sempre é visto com bons olhos. "E agora? Um trabalho de tamanha importância em curtíssimo espaço de tempo? Vou conseguir?". Essa situação já ocorreu com milhares de trabalhadores e se repetirá em qualquer organização, não importa o porte ou o segmento. Casos de tensão, no dia a dia das empresas, são comuns e você não pode fugir deles. Seguem abaixo, algumas dicas para ajudá-lo a vencer um desafio profissional.

1 – Depois de ouvir atentamente o que precisa ser feito, tenha em mente um pensamento positivo. Respire fundo, acredite que você é capaz de realizar essa atividade e tem competência para administrar essa situação, ou a mesma seria delegada a outra pessoa.

2 – Considere o desafio como uma oportunidade de crescimento e de mostrar sua capacidade diante de momentos de tensão. Lidar com as emoções, principalmente superação de obstáculos, é uma prerrogativa para a ascensão profissional.

3 – Depois de respirar fundo, converse com o seu gestor que diante dessa atividade inesperada outros trabalhos da sua responsabilidade terão que ter datas adiadas, revistas. Isso evitará que você seja "cobrado" injustamente e situações desconfortáveis sejam criadas em relação à sua performance. É sempre bom esclarecer à liderança que outros trabalhos também precisam ser entregues em datas já estabelecidas.

4 – Caso o tempo dado para a execução desse trabalho seja "utópico", seja sincero com seu gestor e justifique porque precisa de um período maior. Por mais competente e dedicado à empresa, você é humano e necessita de tempo hábil para realizar um bom trabalho.

5 – Se a data de entrega do relatório não pode ser alterada, fale com seu líder que precisará do respaldo de algum colega que tenha vivenciado momentos de tensão. Lembre-se que duas cabeças pensam melhor do que uma e tanto as ideias quanto as soluções fluem com mais facilidade quando se pode contar com alguém competente ao seu lado.

6 – Chegou o momento de colocar literalmente a "mão na massa". Para agilizar a execução do relatório, tenha ao seu alcance todas as informações necessárias para não dar aquela "paradinha" e procurar algo que o fará perder um valioso tempo. Deixe próximos telefones, emails e nomes das pessoas que possam fornecer dados complementares, caso seja preciso.

7 – Faça um cronograma, pois facilitará a execução do seu trabalho. Liste as prioridades para que nada "fuja" à sua mente. Quando você vivencia um momento de tensão, está passível de esquecer um dado, um fator relevante para o êxito do seu trabalho.

8 – Há momentos em que tanto a mente quanto o corpo precisam de uma "parada" para se recuperarem e terem condições para superar determinadas situações. Se, por exemplo, seus olhos estão diante da tela do micro por quatro ou cinco horas, foque-se em outra ação como dar telefonemas ou fazer anotações relevantes. Também se lembre que é preciso beber água, tomar um cafezinho e ir ao banheiro. Afinal, você é humano.

9 – Já que falamos sobre a "máquina humana", não se negue a se alimentar. Na hora do almoço, opte por algo mais leve e nunca arrisque consumir algo gorduroso ou que deixe seu estômago com sensação de peso. Há pessoas, que quando deixam de fazer uma refeição, têm enxaqueca e quando essas "aracam" fazem a produtividade cair significativamente. E você não deseja isso? Certo?

10 – A tecnologia é perfeita e facilita a vida das pessoas em inúmeras situações. No trabalho, os computadores tornam-se até "íntimos" dos seus usuários, porque guardam informações importantíssimas para as atividades laborais. No entanto, diante de tanta correria e tensão, muitas pessoas se esquecem de fazer um back-up do seu trabalho. Não faça parte desse time, pois basta uma oscilação na energia para o seu micro reiniciar e perder dados. Isso o fará ter um retrabalho, sem mencionar no estresse que poderá proporcioná-lo.

Essa matéria foi publicada no RH.com.br, em 16/08/2011