Como desvincular o feedback do narcisismo?

Data 20/10/2010

 

Pessoa que tem o jeito arrogante ou que costuma explodir quando lhe apontam qualquer tipo de falha não permanecerá muito tempo na organização

O meio corporativo está repleto de pessoas que não toleram críticas ou conselhos. No entanto, a pessoa que tem o jeito arrogante ou que costuma explodir quando lhe apontam qualquer tipo de falha não permanecerá muito tempo na organização.

"Para um profissional do século XXI, é preciso reinventar-se sempre, só que para isso acontecer é preciso refletir sobre diversos pontos importantes que se relacionam com as palavras narcisismo, feedback e agressividade. É preciso estar aberto aos feedbacks e administrar a agressividade", afirma o consultor da Triunfo Consultoria e Treinamento, Rodrigo Ramos.

Entendimento

As corporações de sucesso, aponta o especialista, entenderam que é preciso aceitar as singularidades dos colaboradores, no entanto, existe uma série de regras que são fundamentais para a boa convivência entre os diferentes.

"É o princípio da troca: você precisa desfazer-se de algumas crenças narcisistas para lidar com a empresa, assim como esta precisa aceitar a sua singularidade para que você fique motivado e entregue resultados", avalia o consultor.

Ferramenta correta 

Segundo Ramos, para utilizar a ferramenta do feedback com sucesso, o profissional deve refletir sobre alguns pontos fundamentais. São eles:

  • Flexibilidade para escutar – Nunca deixe de questionar sobre o que dizem de você. Isso pode ser um sinal importante para sua consciência. Lembre-se: se estão falando de você, não há escapatória, existe uma cota de responsabilidade sua nisso.
  • Cuidado com as defesas – Não existe outra forma de mudar a não ser pela dor de se libertar de identificações narcisistas que permanecem na nossa personalidade.
  • Dica para quem fornece o feedback – O feedback é um recurso muito importante, no entanto, só funcionará se ocorrer dois fenômenos: quando a pessoa que estiver recebendo for flexível, como dissemos anteriormente, e/ou quando a pessoa que estiver dando o feedback for vista pela outra que está recebendo com o mínimo de respeito e admiração.

Essa notícia foi publicada no Administradores, em 19/10/10.