Como não ficar um ‘trapo’ após o expediente em 2012

Data 04/01/2012

Há quem passou os últimos dias de dezembro com a sensação de que estava rastejando para conseguir dar conta de todas as demandas. Mas, no próximo ano, de acordo com o médico Auro del Giglio é possível mudar essa tendência.

Para Giglio, que é autor do livro “Brainconomics” (Editora Atheneu) , o grande truque para ter expedientes mais equilibrados é o conhecimento de si mesmo.

“A grande questão é encontrar significado naquilo que você faz. Isso trabalha ao seu favor”, diz o especialista. A lista de profissões mais felizes é uma prova de que ele está certo.

1. Foque nos pontos fortes

Para o especialista, o principal erro dos profissionais é teimar em fazer atividades que estão bem longe dos seus pontos fortes. Exemplo, uma pessoa que não é muito boa em matemática ter que preparar planilhas para a área de contabilidade da empresa.

“Quanto mais você lida com coisas que não suscitam novidades, menor é o seu gasto de energia”, diz o professor. “Economizar energia cerebral serve para você fazer melhor aquilo que você já faz bem”.

2. Passe a tarefa adiante

Tendo isso em vista, em 2012, faça da arte de delegar a palavra de ordem dos seus dias. Nos projetos, procure formar equipes com pessoas que complementem suas habilidades. Distribua as tarefas de acordo com os pontos fortes de cada um.

3. Organize-se

Gastar tempo para procurar objetos, arquivos e outros itens perdidos só empaca a vida e nada mais. “Quanto menor o número de novidades, melhor”, diz o especialista. “Quando mais estabilidade, o trabalho flui melhor”.

Isso significa que organização deve ser outro lema para sua vida profissional em 2012. Isso vale para a mesa, e-mail, pastas no computador e o ambiente de trabalho como um todo.


Essa notícia foi publicada no Exame Online, em 30/12/2011.