Como o líder pode estimular a criatividade do time?

Data 12/08/2013

Quando no meio corporativo afirma-se que a liderança é uma mola propulsora para o desenvolvimento da equipe, não é exagero. Afinal, é a liderança que convive todos os dias com cada membro do time, é capaz de identificar as competências dos colaboradores e até mesmo identificar qual a comunicação mais adequada a ser usada com os liderados. Somando-se a toda essa bagagem, o líder ainda assume o papel de ser porta-voz não apenas da empresa, mas também dos colaboradores diante dos dirigentes corporativos. Por esses e outros "n" motivos, o líder ainda se destaca por ter a oportunidade de estimular o potencial criativo da equipe que está sob seu comando. Abaixo, cito algumas formas de instigar a criatividade dentro do ambiente de trabalho, sob a ótica da liderança.

1 – Você é o líder e tem o papel de abrir a mente dos seus liderados para "andarem com os próprios pés" e terem a oportunidade de mostrarem o valor que possuem tanto para a empresa quanto para eles próprios, enquanto indivíduos capazes de expandir o potencial criativo que muitas vezes está apenas à espera de uma oportunidade para sair da "ostra". Deixe-os fazer perguntas sobre os processos que os envolve direta ou indiretamente. Assim como o adulto estimula as crianças, o ser humano precisa ser instigado a questionar, a levar hipóteses sobre determinados assuntos. Não é suficiente receber apenas as respostas, mas sim, é preciso saber como se chega a cada uma delas. Quando os liderados não fizerem perguntas, questione você no papel de líder. "O que você pensa sobre o assunto?". Quem sabe a resposta irá surpreendê-lo.

2 – Ser criativo não significa obrigatoriamente ter ideias mirabolantes. Muitas pessoas deixam de apresentar sugestões porque imaginam que precisam ser gênios, para que suas propostas façam o diferencial para o negócio. Como líder, propague que pelo menos nesse caso o "rótulo de gênio" serve apenas para os contos maravilhosos de Aladim.

3 – Estabeleça um canal de comunicação aberta com todos os seus liderados. Como liderança, você precisa mostrar que está aberto para todos os profissionais que integram a sua equipe. Não são poucos os casos de pessoas que chegam com soluções simples que otimizam a performance de toda uma equipe.

4 – Mostre-se aberto à inovação e que não é a única fonte de informações dentro da equipe. Infelizmente, ainda existem pessoas que imaginam que todas as soluções devam partir do líder, mas sabemos que na prática isso é bem diferente. Os profissionais devem ser proativos e terem iniciativas para identificar problemas, apresentar alternativas para determinadas situações. Todos podem colaborar para o desenvolvimento do negócio.

5 – Errar faz parte do processo de aprendizado. Cometer equívocos, na tentativa de dar o melhor de si para a empresa, não resultará em punição para que aqueles que desenvolvem projetos e saem da mesmice, que são simpatizantes da inovação e que trazem alternativas diferenciadas para o dia a dia da organização.

6 – Toda proposta é bem-vinda. Mesmo que não seja viável para ser aplicada naquele momento, guarde-a para que possa ser utilizada em outra situação oportuna. Deixe isso bem claro para o mentor da proposta: a ideia dele não foi desvalorizada.

7 – Observe como os outros gestores da sua empresa estimulam o potencial criativo das demais equipes. Troque ideias com eles, amadureça propostas com a área de RH e, se possível, forme grupos de estudo. Abra sua mente para o potencial criativo, pois só dessa forma você conseguirá despertar a criatividade do seu time.

8 – Como os concorrentes estão trabalhando a criatividade? Existe algum estudo de caso que você possa levar para sua equipe e debata assuntos relevantes com os liderados. Você já tomou essa iniciativa? Ótimo! Caso contrário, comece a pensar na possibilidade de colocá-la em prática.

9 – Use ferramentas que são utilizadas e amplamente divulgadas pelo mercado como, por exemplo, o brainstorming também conhecido como "tempestade de ideias". Mas, antes de aplicar qualquer atividade avalie se você precisa de respaldo de algum especialista.

10 – Aconselhe um liderado para que quando uma ideia "surgir à mente" ele anote rapidamente. Isso evitará que algo relevante passe "batido", no momento em que ele for aprimorar sua proposta. Vale ressaltar que aquele estalo que surgiu repentinamente pode ser aperfeiçoado e se tornar em uma proposta diferenciada para o negócio.

 


*Essa dica foi publicada no site RH.com.br, em 06/08/2013

Comentários