Como trazer a paixão do esporte para dentro das empresas?

Data 29/05/2012

A pergunta que dá título a esta matéria foi o principal questionamento levantada por Jaime Szulc, presidente da Goodyear para América Latina durante o Simpósio "Gestão e Motivação de Equipes de Alto Desempenho nas Empresas: o que os esportes têm para nos ensinar", realizado em São Paulo pela Adecco.

Para o executivo, existem características comportamentais que são comuns e indispensáveis tanto a atletas quanto aos profissionais dentro das companhias. Motivação, liderança, foco em melhoria contínua e resultados, disciplina e confiança são algumas das principais. Contudo uma questão fundamental os difere. Enquanto o esportista, invariavelmente, tem paixão por aquilo que faz, o mesmo não se pode dizer da maioria daqueles que integram hoje os quadros das empresas. E muito disso se deve ao excesso de regras e normas impostas pelas organizações.

"Esse é nosso maior desafio quando falamos em gestão de pessoas. Como envolver nossos colaboradores de forma e despertar neles esse sentimento em relação ao trabalho. Temos trabalhado muito essas questões dentro da Goodyear, num novo conceito e formação de lideranças em todos os níveis, tomando a inovação como base de nossa filosofia de trabalho também no que se refere à nossa cultura organizacional", explica Jaime Szulc, presidente da Goodyear para América Latina.

"Acreditamos que o desenvolvimento de lideranças em todos os níveis da empresa é a melhor forma de executarmos com sucesso a nossa estratégia de negócios. E a minha chegada à Goodyear está alinhada com esse compromisso de inovação e evolução constante. Na Goodyear, cada colaborador é treinado para ser um líder. Não importa a sua função, cada um contribui para o sucesso geral da empresa", reforça o executivo.

 

Esta notícia foi publicada em Administradores, em 27/05/2012.