Comunicação interpessoal e sustentabilidade

Data 06/03/2012

*Por César Ayer

Eu comunico.
Tu comunicas.
Ele comunica.
Nós comunicamos.
Vós comunicais.
Eles comunicam.
 
Um verbo de fácil conjugação, porém de difícil execução. Segundo Peter Drucker, 60% de todos os problemas de uma empresa estão relacionados à falta ou a falhas na comunicação. Outro dia estava assistindo a um jogo de futebol com um amigo e, em um lance, o jogador do time adversário chutou a bola para muito longe do gol. Meu amigo comentou com um ar filosófico: “como pôde dar um chute deste, só faz isso, treina a semana inteira para chutar deste jeito?” Na hora concordei com o comentário, mas após a partida fiquei pensando sobre este mesmo movimento na vida corporativa.

Praticamos a comunicação desde que nascemos, no entanto, muitas vezes, chutamos para muito longe do gol, ou seja, nos comunicamos de forma ineficaz, confusa e conflituosa. Se me perguntassem qual é a competência mais importante para o sucesso humano, eu responderia convicto: a comunicação. É ela que nos coloca em contato direto com o mundo, falando, escutando, expressando os nossos pensamentos, os sentimentos, tornando real o nosso mundo imaginário.

Uma competência tão importante como esta deveria ser tratada com prioridade e responsabilidade, sendo desenvolvida e fortalecida diariamente através de treinamento constante. Treinar, treinar e treinar muito, até nos tornarmos verdadeiros comunicadores. Transmitindo nossas ideias de forma clara, simples, objetiva e, acima de tudo, de forma assertiva. Escutando a “comunicação” das outras pessoas de forma genuína, interessada com o objetivo de construir relações mais sustentáveis, melhores organizações, melhores comunidades, países, enfim, um mundo melhor. Filosófico? Não. Realista.

Tanto se fala em sustentabilidade, em reciclagem. Que tal reciclarmos a nossa comunicação? Transformando palavras duras e frias em palavras que aproximem, enalteçam, reforcem os comportamentos positivos e corrijam os comportamentos distorcidos. Usar a comunicação como o mais importante recurso para a sustentabilidade das relações interpessoais, dos resultados das organizações, dos líderes e dos liderados, a sustentabilidade da vida.

Fazer uma avaliação diária, ou pelo menos frequente, dos resultados da nossa comunicação já contribui e muito para a melhora contínua da mesma. Buscar saber:

Como você está se comunicando?
Que resultados você vem alcançando?
Como foram os feedbacks que você recebeu recentemente sobre a sua forma de comunicação?
Sua comunicação tem por objetivo promover a sustentabilidade?

As respostas fornecidas acima já são alguns parâmetros que nos dão uma noção mais precisa da forma como estamos nos comunicando e o quanto devemos aprimorá-la.
 
Pense nisso…
 

César Ayer é formado em Administração de Empresas e Pós-Graduado em Marketing pela Universidade Paulista. Consultor em treinamento e desenvolvimento. Especialista em treinamentos comportamentais nas áreas de Gestão Intra e Interpessoal, Comunicação Pessoal, Formação de Equipes de Alta Performance, Liderança, Negociação e Técnicas de Apresentação.