Confira quatro maneiras de trabalhar sob pressão

Data 02/01/2013

O congelamento do cérebro é uma resposta natural do seu organismo em situações de ansiedade e pressão. O sistema nervoso simpático desencadeia uma cascata hormonal no cérebro que suspende temporariamente a capacidade de organizar seus pensamentos, o que faz com que você fique perturbado.

Independentemente do local ou situação, como profissional você deve encontrar uma saída e conseguir ultrapassar esse obstáculo. Se você deseja trabalhar melhor sob pressão, confira algumas dicas para lidar com essas situações da maneira mais tranquila possível:

1. Tenha postura

A linguagem corporal pode traduzir simultaneamente o que a sua mente está pensando durante uma conversa. Pessoas nervosas tendem a recuar, cruzar os braços e desviar os olhos. Na verdade, eles estão colocando barreiras físicas para trabalhar sob pressão. Porém, essa não é a melhor forma de agir. A dica é manter a postura, andar ereto e fazer contato visual sorrindo. Dessa forma, as pessoas nem irão notar a sua preocupação.

2. Encontre uma válvula de escape

Se você ficar ansioso, um simples gesto ou uma válvula de escape podem fazer com que você fique concentrado novamente. É importante encontrar a sua alternativa para relaxar a mente em meio à correria do cotidiano. Se você estiver estressado ou distraído, a válvula de escape vai ajudar a acender as luzes do seu cérebro, e fazer com que você volte ao trabalho.

3. Acredite no seu potencial

Uma vez que você precisa trabalhar em um ambiente de muita pressão, a dica é acreditar em seu potencial e defender as suas ideias. Não espere a ajuda dos outros para idealizar um projeto. Procure solucionar o problema da maneira mais rápida e simples possível. Não perca tempo com teorias, vá direto para as atividades práticas.

4. Seja descontraído

Se você está tenso com alguma situação, a dica é descontrair o ambiente. Ver um vídeo engraçado ou conversar com colegas de trabalho pode esvaziar a sua mente e fazer com que você consiga pensar melhor. Focar em determinada tarefa ou assunto não fará bem ao seu desenvolvimento profissional.

 

*Essa dica foi publicada no site InfoMoney, em 31/12/2012