Cursos de MBA oferecem aulas de teatro para treinar alunos em liderança

Data 29/05/2013

Uma apresentação em uma reunião pode ter maior e menor impacto de acordo com o comportamento de quem está no comando. Pensando nisso, alguns cursos de MBA nos Estados Unidos e Europa passaram a oferecer aulas de teatro com o objetivo de melhorar a comunicação e a habilidade de liderança dos alunos.

Os professores treinam os estudantes como atores usando estratégias de drama. Na prática, as especializações buscam explorar emoção, empatia, confiança, projeção e autenticidade para que estes sentimentos possam ser usados em situações reais dentro de empresas.

De acordo com reportagem do jornal "Financial Times", é possível encontrar esse tipo de aulas nos cursos das escolas de administração do Instituto de Tecnologia de Massachussett (MIT), e Stanford. Na Europa, a Universidade de Oxford, na Inglaterra, e IMD, na Suíça, oferecem disciplinas semelhantes.

No MIT, a turma se torna uma companhia de teatro e apresenta uma performance de Hamlet. Em entrevista ao "Financial Times", a professora de comunicação empresarial Christine Kelly diz que a ideia é que os alunos identifiquem aspectos de liderança nos personagens de Shakespeare, e com eles, aprendam a se projetar com sucesso em cenários estressantes.

"Algumas pessoas são mais extrovertidas e outras mais quietas. Nós olhamos para esses aspectos e os desafiamos a sair da zona de conforto", disse também a professora do MIT Daena Giardella, que dá aula de improvisação de liderança.

Os profissionais ainda afirmam que ensinar ferramentas de atuação não se trata de tentar colocar uma máscara nos alunos, mas, sim de buscar novas estratégias. "Todo mundo tem um lado que nunca usa normalmente. Atuar dá a oportunidade de achar outras maneiras de se relacionar pessoas", disse a professora Deborah Gruenfeld, que leciona a disciplina "Atuando com poder" em Stanford.

 


*Essa notícia foi publicada no site Folha de São Paulo, em 27/05/2013

Comentários