Dicas para você se tornar um profissional mais valioso para sua empresa

Data 23/10/2012

Alcançar posições de sucesso no mercado de trabalho é o sonho de muitas pessoas. Para isso, é necessário muito esforço e dedicação. Tornar-se um profissional mais valioso para a empresa contribui de forma direta no seu crescimento profissional, uma vez que isso vai mostrar aos seus superiores o seu interesse em desenvolver a sua carreira. Aprenda a fazer isso de maneira simples e proveitosa.

1. Pense como um acionista
Não importa se você é apenas um funcionário ou se é um dos donos da empresa, seu objetivo deve ser fazer a companhia crescer. Lembre-se de que você paga as suas contas com o salário que recebe de lá, por isso tem motivos de sobra para se dedicar e fazer com que a empresa se desenvolva. Questione os seus superiores sobre as estratégias para o progresso da empresa, mantenha o foco nas suas tarefas diárias e esteja sempre disposto a ajudar.

2. Mantenha o foco nas prioridades
O seu trabalho tem valor para a empresa, caso contrário você não faria parte do quadro de funcionários. Entretanto, nem todas as suas tarefas são de extrema urgência. Se conscientizar disso vai ajudá-lo a estabelecer uma ordem de importância para tudo que precisa realizar. Peça ajuda ao seu chefe e identifique quais são as duas ou três coisas mais importantes que você pode fazer pela empresa. Certifique-se de que esse esforço terá algum retorno para a organização e para você.

3. Concentre-se

Uma vez que você tenha estabelecido as suas prioridades, precisará aprender a lidar com elas de maneira produtiva. Muitos imprevistos podem acontecer, tirando a sua atenção do que realmente importa. O que você precisa fazer é se concentrar no que é mais importante e tentar resolver essas demandas de maneira rápida, conseguindo tempo livre para resolver o que as outras pessoas pedirem. Você certamente terá de trabalhar com atividades menos importantes, mas deixe claro para os seus superiores ou colegas de trabalho que só se dedicará a isso depois de resolver o que mais precisa da sua atenção.


*Essa dica foi publicada no site InfoMoney, em 17/10/2012