Dor nas costas é o principal motivo de afastamento no trabalho

Data 13/10/2010

 

Uma pesquisa ENSP/Fiocruz, intitulada “Dimensões Sociais das Desigualdades (PDSD) – 2008”, apontou que cerca de 36% dos brasileiros sofrem com algum problema de dores nas costas.

De acordo com o estudo, esse problema também é uma das principais causas de afastamento pela Previdência Social. Nos municípios de São Bernardo do Campo e Diadema, entre janeiro e agosto deste ano, por exemplo, foram concedidos 1.445 afastamentos do trabalho.

“Posso afirmar que 87% dos casos podem ser solucionados de forma clínica e com mudanças de hábitos num prazo de dois meses”, diz o diretor do ITC (Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral), Luis Carlos Gomes de Oliveira.

Segundo Oliveira, esses afastamentos, que não são inferiores a 12 meses, geram um custo direto para a Previdência de R$ 16,6 bilhões ao ano.

Motivos

O laudo do especialista é baseado no tratamento conjunto entre ortopedista, fisioterapeuta e educador físico, essenciais para a solução de problemas da coluna vertebral sem que haja a necessidade de intervenção cirúrgica.

“Realizamos esse tratamento multidisciplinar em nossa clínica e podemos afirmar que esse índice de cura pode ser até maior”, ressalta Oliveira.

Essa notícia foi publicada na Info Money, em 11/10/10.