Empresas brasileiras são as mais rápidas no processo seletivo

Data 16/02/2011

 

Com o aquecimento do mercado de contratações no Brasil, o RH está em uma verdadeira maratona, acelerando os processos de recrutamento. Prova disso é o resultado da pesquisa realizada pela Robert Half, que elegeu o nosso País como o detentor dos processos de seleção mais rápidos do mundo.

A empresa de recrutamento especializado ouviu 2819 executivos de média e alta gerência em 13 países, revelando que nas empresas brasileiras 72% das contratações acontecem entre duas e três semanas. No resto do mundo, todavia, eles duram em média cinco semenas.

Além disso, o estudo traçou o perfil do profissional desejado pelas organizações. A conclusão é que as características variam conforme o país. No Brasil, por exemplo, os gestores buscam pessoas com habilidade de trabalhar em grupo (47% dos executivos destacaram esse item) e liderança (22%). Na República Tcheca e Luxemburgo, por outro lado, o valorizado é o conhecimento do negócio onde a empresa atua (39%). Já na Holanda o que mais se leva em consideração são as habilidades de comunicação (35%).

CURIOSIDADES

– de acordo com a média mundial, são necessárias de duas a três rodadas de entrevistas antes de contratar um profissional; 

– em todo o mundo o tempo levado para analisar cada currículo é de, no máximo, dez minutos.

Essa notícia foi publicada na Você RH, em fevereiro de 2011.

Comentários