Empresas dos EUA vão investir mais em treinamento

Data 18/11/2013

A falta de mão de obra qualificada fará com que 51% das empresas dos EUA aumentem seus investimentos em formação ao longo dos próximos dois anos.

O dado é de uma pesquisa da consultoria Accenture, realizada com 400 executivos estadunidenses.

Dos profissionais entrevistados, 46% reconheceram não possuir as habilidades que vão precisar dentro de um ou dois anos, e 35% admitiram não ter investido o suficiente na própria formação para desenvolver tais competências.

Paradoxalmente, 72% dos entrevistados veem na formação uma das principais maneiras de os funcionários desenvolverem novas habilidades. O percentual dos que recebem treinamentos na empresa é de 52%.

Entre as consequências de não corrigir as lacunas no perfil, foram apontadas a perda de receita (64%), a perda de espaço para a concorrência (66%) e mais pressão e estresse sentidos pelos empregados (87%).
 


*Essa notícia foi publicada no site Valor Econômico, em 12/11/2013

Compartilhe:

Comentários