Executivos estão insatisfeitos com o departamento de RH

Data 02/01/2013

O trabalho dos setores de RH das empresas é visto como fundamental, e que deve ficar ainda mais importante. Mas só 17% dos executivos acredita que o setor de suas empresas tenha de fato feito um bom trabalho.

Esse é o resultado de uma pesquisa encomendado pela consultoria KPMG International e realizado pela Economist Intelligence Unit com 418 executivos (32% da Ásia, 30% da Europa, 28% da América do Norte e 10% da América Latina), de diversos setores de atividade.

Desses, 81% afirmaram que para ter sucesso é preciso ter uma estratégia de gerenciamento de talentos eficaz, 59% acham que o RH vai ganhar maior importância estratégica no futuro próximo, mas só 17% dizem que o RH faz um bom trabalho.

Robert Bolton, um dos líderes de RH da KPMG, considera que "no mínimo, o RH tem um problema de percepção, embora em muitos casos ele possa realmente não ter conseguido oferecer valor real".

Para a KPMG, a tecnologia mudou profundamente a atividade do RH, e existem oportunidades no uso de dados analíticos.

 

*Essa notícia foi publicada no site Folha de São Paulo, em 27/12/2012