Falta de talentos preocupa multinacionais

Data 11/07/2012

A grande preocupação de 60% dos executivos, cujas empresas querem expandir seus negócios para novos mercados, é a crescente escassez global de talentos, segundo constatou a MetLife em pesquisa. Das grandes multinacionais consultadas (com mais de US$10 bilhões de receita anual), cerca de um quinto (20%) espera ter, nos próximos cinco anos, mais de 85% do total do seu quadro de funcionários fora do seu país de origem. Mas a falta de pessoas qualificadas dá sinais de alerta para os tomadores de decisão.

De acordo com o estudo, o problema da escassez de talentos pode se tornar ainda maior se os executivos de recursos humanos e os líderes dos negócios não alinharem suas percepções sobre o assunto. Do lado dos executivos (excluindo os de RH), 61% dizem que suas empresas avaliam as questões de gestão de talentos só depois de terem identificado os mercados para entrada/expansão. Em contrapartida, 63% dos executivos de RH dizem que o talento é considerado quando os novos mercados estão sendo identificados.

Ainda segundo a pesquisa, os desafios da contratação podem ser notados com mais frequência nas áreas de tecnologia, saúde, serviços, farmacêutica e biotecnologia.

A Metlife ouviu 366 executivos pelo mundo. Desses, 54% ocupam posições de alto comando.

Essa notícia foi publicada no site VocêRH, em 04/07/2012