França proíbe e-mails de trabalho após às 18h

Data 15/04/2014

Qualquer um está sujeito a levar tarefas do trabalho para casa. Mas ao menos na França a farra corporativa vai acabar. Isso porque federações trabalhistas chegaram a um acordo que permite aos profissionais ignorar e-mails de trabalho enviados após as 18h, independentemente da urgência.

O acordo recomenda ainda que os funcionários de todas as empresas no país – incluindo as filiais de tecnologia – evitem se relacionar com assuntos que possam remeter à labuta na hora do descanso. Entre as orientações estão fugir de smartphones e computadores quando estes causarem alguma influência negativa. As companhias, por sua vez, devem cooperar e não podem pressionar seus empregados.

A determinação pretende limitar as fronteiras entre as vidas pessoal e profissional, que estão cada vez mais entrelaçadas a partir das plataformas de comunicação on-line. Segundo as entidades que aprovaram o acordo, os chefes estão invadindo a liberdade conquistada após a promulgação da lei local que impõe 35 horas de trabalho por semana.

*Essa notícia foi publicada no site Olhar Digital, em 10/04/2014
 

Compartilhe:

Comentários