Governo adia para 2018 início do eSocial para empresas

Data 31/08/2016

esocial - calendário do governo federal

Conforme alguns representantes do governo federal já haviam adiantado, o início da obrigatoriedade do eSocial para empregadores será adiado mais uma vez. O novo prazo para as empresas e contribuintes com faturamento em 2016, acima de R$ 78 milhões, é 1 º de janeiro de 2018, e para os demais empregadores e contribuintes, 1º de julho de 2018.

Ainda de acordo com a resolução nº 2/2016 do Comitê Diretivo do eSocial, publicada no Diário Oficial da União em 31/08/16, não será necessária a prestação das informações dos eventos relativos a saúde e segurança do trabalhador (SST) nos seis primeiros meses, após o início da obrigatoriedade. O documento prevê também que o ambiente para testes será disponibilizado a partir de 1º de julho de 2017. Apesar do novo cronograma, não há previsão da divulgação do leiaute oficial por parte do governo federal.

Sobre o eSocial

O eSocial é um projeto do governo federal que irá unificar em meio digital as informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais relativas a empregados, empregadores, contribuintes individuais e contratações de serviços no Brasil. Em outubro de 2015, o projeto entrou em vigor para os empregadores domésticos, a previsão era que as empresas também aderissem ao eSocial em setembro de 2016. Mas por falta de definições importantes do governo federal como a versão final do leiaute e a disponibilização do ambiente de produção, o cronograma sofreu novo adiamento.

Ainda tem dúvidas sobre o eSocial? Clique aqui e veja como a LG lugar de gente pode ajudar sua empresa a superar os desafios impostos pelo projeto.

Notícias relacionadas:

3 passos iniciais para se adequar ao eSocial

3 problemas que sua empresa pode ter ao não se adequar ao eSocial

Governo libera Qualificação Cadastral em lote do eSocial

Comentários