Melhor remédio ainda é a prevenção

Data 05/02/2016

Em entrevista à Huma, a Diretora de Recursos Humanos da Atento, Andrea Cunha, explica como as ações dos programas Mamãe Nota 10 e Atento Social conseguiram reduzir a incidência de doenças relacionadas ao trabalho e promover um ambiente de respeito e apoio aos funcionários e familiares. 

Huma: Quando a Atento começou a atuar com ações que visam otimizar os investimentos em saúde corporativa? As ações fazem parte de algum programa específico?

Andrea Cunha: Nossos profissionais são os grandes responsáveis pelo crescimento contínuo e sustentável da Atento. Então, além de investir na capacitação dos nossos colaboradores, acreditamos que oferecer ações que proporcionem melhor qualidade de vida aos nossos funcionários é fundamental. Para isso, a empresa tem um banco de dados com exames ocupacionais, atestados médicos, características dos afastamentos e pesquisas sobre hábitos de vida dos funcionários. Com esses dados, conseguimos traçar e analisar o perfil epidemiológico e gerar campanhas mensais de saúde visando a prevenção dessas doenças. Diante disso, criamos o Programa “Mamãe Nota Dez”, em 2010, e o “Atento Social”, em 2011. 

Huma: De que maneira esses programas funcionam na empresa?  

Andrea Cunha: O programa “Mamãe Nota 10” tem como objetivo dar assistência para gestantes e assegurar o nascimento de uma criança saudável. Além disso, eliminar qualquer tipo de preconceito na empresa em relação ao período de gravidez. As participantes contam com informações e participam de palestras sobre parto, amamentação e cuidados com o recém-nascido. 

Já o Atento Social oferece atendimento psicossocial presencial e a distância para funcionários e familiares. Composto por equipe de assistentes sociais e psicólogos, o programa é uma ação da área de medicina do trabalho que presta acolhimento, escuta e encaminha aos serviços públicos e particulares casos de dependência química, transtornos psicológicos e psiquiátricos, depressão, violência doméstica, violência física e sexual, entre outros, além de acompanhar de perto a inclusão da pessoa com deficiência. Desde sua criação, já realizou mais de 1.500 atendimentos, evitando desligamentos e subsidiando casos de realocação e retorno ao trabalho. 

Mamãe Nota 10 e Atento Social

Huma: Como a Atento incentiva seus funcionários a cuidar da saúde? 

Andrea Cunha: A Atento elabora anualmente um cronograma para realização de campanhas mensais sobre saúde com várias temáticas. O conteúdo é elaborado por profissionais especializados em parceria com o Ministério da Saúde e as secretarias de saúde municipais e estaduais. Além disso, o tema é pauta constante em nossos canais de comunicação interna.  

As ações visam atuação preventiva, educação e orientação baseada na atenção primária da saúde. No ano de 2015, foram abordados vários temas. Dentre eles, saúde e alimentação, cuidados com a voz e audição, doenças osteomusculares, cuidados com o coração, outubro rosa, tabagismo e doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

Huma: É possível mensurar resultados dessas ações que vêm sendo desenvolvidas na empresa? 

Andrea Cunha: Em relação aos resultados mensuráveis podemos citar a redução de absenteísmo por atestado médico, redução de incidências de doença relacionada ao trabalho e redução do Fator Acidentário de Prevenção (FAP). O resultado é medido por meio de indicadores internos. Trata-se de um trabalho de longo prazo, no qual conseguimos controlar o absenteísmo e o nível de adoecimento dos funcionários, realizando ações especiais nos locais de trabalho.

Huma: Por que é importante dar atenção especial ao tema saúde corporativa?

Andrea Cunha: A gestão da saúde nas empresas é extremamente importante para o processo de melhoria contínua das condições ocupacionais. Por meio dessa gestão, alcançamos redução dos custos associados a acidentes, incidentes e absenteísmo. Além disso, também colabora para aumentara produtividade e motivação da equipe, bem como a contribuição positiva para a imagem da empresa.

Huma: Quais os maiores desafios da área de gestão de pessoas da Atento com o programa? Quais práticas são adotadas para contorná-los?

Andrea Cunha: A alta rotatividade do setor dificulta o trabalho na gestão de saúde em longo prazo. Em relação a esse tema, a Atento possui projetos de desenvolvimento profissional com objetivo de retenção de talentos e, para despertar o comprometimento, promovemos diversas ações mostrando que o sucesso dos projetos é importante não só para a empresa, como para o funcionário. Outro grande desafio é fazer com que o colaborador se engaje nas ações de saúde e tenha comprometimento com os projetos.

Huma: Quais são as tendências de gestão da saúde corporativa para os próximos anos?

Andrea Cunha: Podemos destacar uma atuação mais efetiva, visando qualidade de vida no trabalho. A tendência é o surgimento de mais programas que prezam pela qualidade de vida e saúde emocional. 

Andréa Cunha é Diretora de Recursos Humanos na Atento Brasil

 

Andrea Cunha é Diretora de Recursos Humanos na Atento Brasil, formada em administração de empresas, pós-graduada em Análise de Sistemas e com MBA em Gestão de Negócios, pela FIA/USP. Atua há 28 anos em Recursos Humanos.

 

 

Notícias relacionadas: 

Empresas criam práticas para facilitar a vida pessoal

Benefícios para funcionárias gestantes e em período pós-gestacional

Governo define bônus de empresas que investem em prevenção de acidentes

Compartilhe:

Comentários