No resumo da semana: o sono afeta o trabalho e o trabalho afeta o sono

Data 14/03/2017
homem trabalhando com sono

Aproveitando o mês da mulher, nesta semana, falaremos um pouco mais sobre como estimular a participação feminina no mercado de trabalho. Também apresentamos uma pesquisa sobre a influência do sono no trabalho e como os líderes devem se preparar para engajar os jovens da geração Y. Confiram nossa seleção de conteúdos da semana.

Como promover a igualdade de gêneros no ambiente corporativo

Na semana passada, falamos sobre uma pesquisa que aponta que as mulheres ainda são minoria no mercado de trabalho e recebem salários menores. Agora, é a vez de trazemos um artigo que aponta 4 passos que podem ajudar a promover a igualdade de gêneros nas empresas. Em primeiro lugar, é preciso quantificar a participação de cada gênero seja nos grupos de novos contratados, seja nas promoções, seja nos cargos de gestão. Em seguida, é preciso analisar esses números em busca de insights que irão direcionar as ações da empresa. Uma maneira eficaz de fazer essa análise com praticidade e otimização do tempo é por meio do People Analytics. Clique e conheça mais sobre essa tendência que está transformando a gestão de pessoas.

Além disso, o debate continua fundamental para fomentar discussões e aumentar o engajamento dos colaboradores em busca de novas ideias.

Leia o artigo completo e conheça os demais passos: 4 passos para promover a igualdade de gêneros no ambiente corporativo

O sono afeta o trabalho e o trabalho afeta o sono

Você já viu seu trabalho ser impactado negativamente pelo sono? Uma pesquisa realizada nos EUA mostra que não é só com você, mas 60% dos entrevistados reportaram o mesmo problema. Além disso, um dos motivos apontados para o sono ruim é, justamente, o pensamento sobre o trabalho.

Confira a matéria completa no site do Valor Econômico e saiba como o trabalho tem feito profissionais perderem o sono.

Liderança e geração Y

Visão, pensamento estratégico, gentileza e capacidade de inspirar. Esse é o perfil do líder que a geração Y deseja encontrar, segundo uma pesquisa da consultoria Deloitte. Essa geração, composta por jovens nascidos entre as décadas de 1980 e 1990 busca empresas que visem não apenas o seu lucro, mas se preocupem com o bem-estar dos seus colaboradores e a melhoria da sociedade como um todo. O blog Runrun It traz algumas dicas de leituras para os líderes que desejam engajar e motivar esse público que não se sente atraído pelos modelos de liderança mais antigos.

Veja todas as dicas: Liderança corporativa: novas posturas para uma nova geração

Comentários