Norte e Nordeste lideram geração de empregos nos últimos sete anos

Data 01/02/2012

 

No período de 2003 a 2009, o Brasil criou 11.752.763 novas vagas de trabalho, chegando a marca recorde de 40.437.076 trabalhadores formais, segundo dados da relação Anual de Trabalhadores (Rais) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). A região com o maior crescimento percentual foi o Norte, com aumento de 67% e a geração de 820.653 postos de trabalho.

Exceto o Acre, que apresentou uma elevação de 47,13%, todos os demais estados do Norte registraram um crescimento acima de 50%, nos empregos gerados nos últimos sete anos. O estado que apresentou maior crescimento percentual no país nesse período também foi da região Norte: Roraima registrou aumento de 87,02%, com a criação de 24.478 novos postos.

O Nordeste ocupa a segunda posição no ranking de crescimento percentual desde 2003, registrando um aumento de 47,90%. O grande destaque da região foi o Rio Grande do Norte, com aumento de 63,03%, seguido do Maranhão com 62,22% e Ceará com 50,56%. Os outros estados registraram crescimento acima de 30%.

Em números absolutos, a Região Sudeste lidera a criação de empregos, com 5.733.576 novos postos nesses sete anos. Na segunda colocação está o Nordeste, com mais de 2,3 milhões de trabalhadores inseridos no mercado e o Sul, com 1.911.507. O estado que mais gerou empregos no período foi São Paulo, com mais de 3,3 milhões de novas vagas.

Segundo o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, esses números mostram o crescimento do emprego no Governo Lula. "Ao final do governo vamos ter criado mais de 50% das vagas do estoque de emprego formal do Brasil. A economia está em ritmo crescente, consistente, em todos os setores, principalmente a indústria, que vem se recuperando bem. Este ano, o país irá gerar mais de 2 milhões de emprego formal. Será a maior geração de emprego na história do país".

Em 2009, segundo dados do Caged, o grande destaque foi o Nordeste. O crescimento acima de 4% está centralizado na região, que gerou mais de 227.376 novas vagas. O estado com maior destaque, no entanto, foi Rondônia, com crescimento de 14,88%. O bom desempenho no estado deve-se, principalmente, a construção das hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio, no Rio Madeira.

Essa notícia foi publicada no RH.com.br, em 13/04/10.