Os quatro estilos de comportamento no ambiente de trabalho

Data 25/03/2014

A maioria das empresas já descobriu que ter os comportamentos adequados é tão importante quanto ter as competências para exercer uma função. Se você trabalha em uma empresa, seu comportamento e o comportamento das pessoas que compõem a sua equipe trazem grandes impactos no ambiente de trabalho e na sua capacidade de gerar resultados.

Evidentemente, existem diferentes perfis dentro de uma equipe, e é possível identificar os padrões que predominam em cada uma das pessoas. No entanto, se você parar para observar (e, principalmente, se você utilizar uma ferramenta de avaliação de perfil), verá que todo mundo tem ao menos um pouco de cada estilo comportamental.

Descubra os quatro estilos de comportamento que você tem – em maior ou menor escala:

1. Dominância: fica evidente naqueles orientados por desafios, que tomam a iniciativa e são inovadores, visionários e determinados, além de serem capazes de tomar decisões rapidamente, mas que podem acabar sendo excessivamente impacientes, agressivos e autoritários;

2. Influência: predomina nas pessoas falantes e ativas, que possuem a expressividade, a iniciativa e a facilidade de comunicação e relacionamento como caraterísticas, mas que podem acabar pecando com sua dificuldade de planejamento e organização ou de ouvir os outros;

3. Estabilidade: se destaca em quem prima pelo trabalho em equipe, pela preocupação com a cooperação e a colaboração, pela paciência e por estar sempre aberto às necessidades alheias ao mesmo tempo em que lida melhor com procedimentos e processos bem definidos, tendo dificuldades em encarar ambientes de mudança e incerteza e de estabelecer prioridades;

4. Cautela: prevalece nos indivíduos detalhistas e objetivos, que possuem apreço à lógica, ao método e a dados e fatos e um ritmo de trabalho moderado, podendo ser pacientes, mas às vezes demasiadamente frios, críticos e pessimistas.

E então, você consegue identificar quais são os estilos predominantes no seu comportamento e no comportamento de seus colegas e quais os impactos que isso traz ao seu ambiente de trabalho?


*Essa dica é da psicóloga Mônica Latorre e foi publicada no Portal Carreira e Sucesso Catho, em 24/03/2014

Compartilhe:

Comentários