Pesquisa aponta que maioria dos líderes desmotiva suas equipes

Data 16/07/2013

Você é um líder e não consegue motivar sua equipe? Não se preocupe você não está sozinho. Em uma pesquisa realizada pela empresa de consultoria global HayGroup, publicada pela Infomoney, apontou que cerca de 50% criam climas desmotivadores, e 19% que promovem ambientes de trabalho de alto desempenho.

Ainda segundo a pesquisa, que foi realizada com 95 mil líderes de 49 países, apontou que 26% dos líderes não dominam nenhum ou apenas um tipo de liderança. Os tipos de liderança citados na pesquisa são os detectados em um estudo da Universidade de Harvard, sendo eles:

Coercitivo: são aqueles líderes com a postura de chefe, delegam funções, supervisionam o trabalho e cobram resultado, fazem críticas quando algo não sai como o esperado, e não dão feedback quando o resultado é alcançado.

Dirigente: é o líder que cria um clima positivo que motiva a equipe. Tem visão de futuro garantindo o desempenho de todos.

Afetivo: é o líder que se preocupa com as pessoas, que busca engajamento da equipe. Esse tipo de líder acredita que se os colaboradores estiverem em um ambiente positivo, terá equipes de alto performance.

Democrático: esse tipo de líder quer partilhar responsabilidades na equipe, e envolvem os colaboradores nas tomadas de decisões.

Modelador: é o líder que oferece instruções minuciosas aos colaboradores para realizarem as atividades, e sempre espera um grande resultado, e acredita que sua forma de trabalhar é a melhor maneira de se alcançar os resultados esperados.

Treinador: é aquele profissional que busca identificar os pontos fortes e os de melhoria de seus liderados, buscando também o desenvolvimento pessoal dos colaboradores.

E no Brasil

Cerca de três mil gestores foram entrevistados no Brasil, e constatou-se que 63% criam ambientes desmotivadores, e apenas 12% conseguem criar climas que motivam seus colaboradores.

Os entrevistados brasileiros adotam mais de um estilo de liderança, sendo que 59% se consideram coercitivos, 55% democráticos, 50% treinadores, 48% afetivos, 45% dirigentes e 22% modeladores.

O líder ideal

O estudo da Universidade de Harvard identificou os seis tipos de lideranças, e constatou que um profissional pode adotar mais de um estilo, assumindo até quatro.

As características que fazem com que o líder crie ambientes motivadores, que estimulem os colaboradores estão implícitas em cada tipo de líder citado no estudo. Unindo-as chegamos ao líder ideal, o Leader Coach, que é um profissional assertivo, focado em resultados, que cria ambientes positivos e confortáveis, estimula seus colaboradores, cria engajamento, lidera pelo exemplo, conduz a equipe, assume riscos, divide responsabilidades, compartilha entre outros aspectos.

Como tem uma liderança baseada na filosofia do Coaching, estará apto, munido de conhecimentos, técnicas e ferramentas, para, além de motivar, desenvolver seus subordinados.

 

*Essa notícia foi publicada no site administradores.com.br, em 11/07/2013

Comentários