Pesquisa mostra lado positivo de tomar café no trabalho

Data 15/07/2009

 

Pesquisa realizada pela Robert Half com executivos mostrou que a maioria deles faz uma pausa para tomar café com o intuito de relaxar, sendo o segundo motivo mais apontado por eles a possibilidade de usar esse momento para interação com outros profissionais da empresa.

Conforme mostraram os dados, levantados entre abril e maio com 190 profissionais em São Paulo, 55% dos entrevistados disseram que a pausa para o cafezinho é um momento de descanso, enquanto 41% responderam que também é um tempo para integração.

De acordo com o gerente da divisão de Engenharia da Robert Half, Roberto Britto, profissionais que atuam na indústria costumam ficar dias ou até semanas concentrados em um projeto ou atuando no chão de fábrica. Por isso, a pauta torna-se essencial para continuar interagindo com o resto da empresa.

"Apesar de parecer banal e sem importância, esta pausa pode trazer importantes insights para os profissionais que ficam mais afastados das outras áreas do negócio. Neste momento um pouco mais relaxado, os colegas de outras áreas podem trocar informações e ideias sobre determinado projeto. Sem a mesma pressão e repreensão que poderiam ter em reuniões mais formais, é o momento certo para ouvir opiniões sinceras e espontâneas", afirmou.

A bebida do escritório

A pesquisa revelou que 81% dos profissionais tomam café, sendo que a maioria deles faz isso regularmente. Enquanto 64% têm o hábito de consumir a bebida por prazer, outros 11% o usam como estratégia para afastar o sono, mesma proporção daqueles que o usam para fazer uma pausa no trabalho.

Os diretores das empresas são os profissionais que mais tomam café, com 96% deles que deram resposta positiva. Os motivos apontados foram o prazer e o gosto da bebida (77% das respostas), bem como ser um grande apreciador do café (38%).

Os que menos tomam café, por sua vez, são os analistas e especialistas: 70% deles disseram que apreciam a denominada "bebida do escritório". Dentre eles, 19% disseram que tomam para afastar o sono.

Apesar de grande parte dos executivos tomarem café, são poucos aqueles que realmente apreciam a bebida oferecida onde trabalham: apenas 9% disseram ser excelente o cafézinho de suas empresas. Entre os profissionais de engenharia, a proporção cai para 3%.

Essa notícia foi publicada no InfoMoney em 14/07/2009.