Por que o seu RH precisa se digitalizar já? Descubra aqui!

Data 26/06/2017

rh digital

Embora os recursos tecnológicos tenham sido cada vez mais incorporados ao ambiente corporativo, o RH, culturalmente, caminhou em passos mais lentos do que outros setores na utilização de novas tecnologias. No entanto, esse cenário tem se modificado e é cada vez mais comum que os profissionais de recursos humanos convivam com rotinas mais simples e apoiadas em soluções digitais.

De acordo com o estudo Tendências de Capital Humano 2017, da Deloitte, 56% das empresas pesquisadas estão redesenhando seus programas de recursos humanos para alavancar o uso de ferramentas digitais e móveis e, assim, contar com um RH digital.

O mesmo relatório aponta que 51% das companhias estão no processo de reformular suas organizações para modelos de negócios digitais. Já 33% das equipes de RH pesquisadas usam alguma tecnologia de inteligência artificial (IA), enquanto 41% buscam aplicativos móveis para oferecer os seus serviços.

Caso você queira deixar o RH da sua empresa mais moderno e automatizado, confira o conteúdo a seguir!

RH digital: a tendência de descentralização

A valorização do capital humano nas últimas décadas é uma das principais razões para a guinada que resultou na digitalização do RH. Atividades operacionais antes realizadas pelos profissionais de recursos humanos, como admissões e demissões, pagamentos de salários e benefícios, estão cada vez mais sendo automatizadas, para que os esforços se concentrem no desenvolvimento dos colaboradores, através de treinamentos, avaliação de desempenho, mapeamento de sucessão e do apoio às lideranças.

Os setores de recursos humanos que incorporam soluções digitais ao seu dia a dia têm rápida percepção de como os processos são otimizados.Isso porque os sistemas de RH ajudam na descentralização de atividades burocráticas. Por exemplo, ao disponibilizar uma solução de autoatendimento, o colaborador não precisa entrar em contato com o RH para requerer alguns documentos básicos como holerite ou comprovante de rendimentos.

Tudo aquilo que exige uma ação do colaborador deixa de ser uma tarefa do RH e é automatizado. Dessa forma, os profissionais da área têm mais tempo para se dedicarem a ações estratégicas e que influenciarão diretamente os resultados da empresa.

Segundo o relatório Creating People Advantage, desenvolvido pela Boston Consulting Group (BCG) — consultoria empresarial com mais de 50 anos de atuação —, as empresas com RH eficiente chegam a um resultado econômico duas vezes superior àquelas com deficiência em gestão de pessoas. Para alcançar essa conclusão e definir o que mede uma área de recursos humanos eficaz, a BCG consultou 3,5 mil profissionais de RH e de outros departamentos em 101 países.

Além do nítido aumento de produtividade, as organizações que possuem um RH digital minimizam a possibilidade de multas e prejuízos financeiros, comuns por conta de falhas geradas durante processos manuais.

Benefícios do RH digital

O aumento de produtividade não se resume apenas à digitalização de tarefas burocráticas. As soluções tecnológicas influenciam diretamente em outros pontos da rotina dos profissionais de RH, como avaliação analítica, gestão de talentos e de conhecimento, além de permitir melhor armazenamento de documentação.

Avaliação analítica

Conhecido como Human Resource Analytics, o processo de avaliação analítica de RH é como uma evolução do BI (Business Intelligence). Por exemplo, há alguns anos, as empresas coletavam dados estatísticos, como turnover ou absenteísmo. A partir de soluções digitais, a avaliação analítica permite cruzar essas informações para identificar tendências e antecipar possíveis problemas.

Dessa forma, podem ser estabelecidos planos estratégicos que ajudarão a impulsionar resultados organizacionais. Por exemplo, é possível comparar as taxas de absenteísmo com a remuneração. Também são proporcionadas avaliações mais precisas, que ajudam a identificar rapidamente os melhores candidatos em um processo de seleção, mesmo que esse recrutamento envolva dezenas ou centenas de concorrentes interessados na vaga oferecida.

Gestão de talentos

Gerir talentos é um assunto debatido constantemente pelos RHs. Afinal, as empresas buscam profissionais que tenham aderência à sua cultura organizacional. Tanto na admissão quanto na retenção desses talentos, as soluções de tecnologia para recursos humanos podem transformar a maneira como as organizações se relacionam com seus colaboradores.

Esses recursos ajudam nas atividades que compõem todo o ciclo da gestão do capital humano: recrutamento especializado, avaliação de desempenho, alocação de pessoal, mapeamento de competência, remuneração, gestão completa de aprendizado, dentre vários outros.

Armazenamento de documentos

Outro fator importante do uso da tecnologia diz respeito ao arquivamento de documentos. Uma vez que esses registros são digitalizados, o RH pode manter todos os arquivos do funcionário sem a dependência de grande estrutura física. Além de proporcionar economia com gasto de papel, isso assegura maior segurança de dados, uma vez que não estão mais sujeitos a desastres e perdas, como ficariam nos arquivos físicos.

É assegurado ainda o sigilo profissional, uma vez que a visualização desses dados somente pode ser feita por pessoas que possuam autorização dentro da empresa, mediante utilização de senhas.

Como a Oi digitaliza o RH

A incorporação de recursos tecnológicos altera a rotina de RH em empresas de pequeno, médio ou grande porte. Por exemplo, diante das diversas fusões e aquisições ao longo de sua trajetória, a Oi conviveu com vários níveis de complexidade em relação à administração da folha de pagamento, bem como aos demais subsistemas da área de recursos humanos.

A companhia conta com o ecossistema de aproximadamente 130 mil pessoas, sendo que cerca de 15 mil são colaboradores diretos da organização, além de possuir operação em mais de 5 mil municípios do país.

Para fazer todo o processamento de informações de RH, a Oi recorreu às soluções da LG lugar de gente. A parceria teve início em 1999, logo após a privatização da Telebrás e, de lá para cá, a empresa já passou por vários desafios — sempre apoiada pela LG.

Como resultado das ferramentas oferecidas pela LG lugar de gente, a Oi evitou, por exemplo, a necessidade de registros manuais de milhares de novos colaboradores.

“Recentemente, tivemos a internalização de algumas empresas parceiras de serviços de rede, que fazem a manutenção da operação da companhia. Em menos de 8 meses, foram internalizadas de 10 a 15 mil pessoas para cálculo de folha de pagamento na Oi. Isso não seria possível se, de fato, a gente não tivesse a garantia de que a ferramenta é capaz de absorver esse processamento”, destaca Ricardo Guedes, Gerente de Informações, Controles e Otimizações da Oi.

“Se olharmos, por exemplo, para a fusão com a Brasil Telecom, em pouco tempo nossos processos já estavam unificados. Isso aconteceu graças à flexibilidade da ferramenta que permite diversas parametrizações e garante robustez no processamento”, acrescenta Guedes.

Clique aqui e saiba mais sobre essa parceria de sucesso!

Agora que você já sabe a importância de contar com um RH digital, também quer otimizar os processos da sua empresa?  Que tal conhecer a Suíte Gen.te nuvem? A mais completa plataforma em nuvem para gestão de pessoas do Brasil! Clique aqui e participe de um webinar sobre a solução!

Comentários