Quanto maior a escolaridade, maior a jornada de trabalho, diz estudo

Data 28/07/2009

 

Estudo realizado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) constatou que quanto maior o grau de escolaridade do trabalhador brasileiro, maior a jornada de trabalho.

Em 2007, a menor jornada média de trabalho semanal, no caso de 36,2 horas, era dos trabalhadores com até um ano de estudo. Já a maior jornada média de trabalho, de 40,5 horas semanais, foi exercida pelos profissionais com oito a dez anos de escolaridade.

Segundo o estudo, o baixo dinamismo econômico, acompanhado pela elevação do desemprego e da queda de remuneração do trabalho, terminou impondo a muitos ocupados a ampliação do horário de trabalho, assim como a aceitação de qualquer horário de trabalho, por menor que essa jornada seja, como estratégia de sobrevivência.

Estados e a jornada de trabalho semanal

Em 2007, o brasileiro trabalhou, em média, 39,4 horas por semana, o que representa uma redução de 10,7% na carga horária média semanal trabalhada pelos ocupados em relação ao ano de 1988, de 44,1 horas semanais.

Os paulistas tiveram, em 2007, a maior jornada média de trabalho semanal (41,9 horas). Em seguida, surgem os estados de Santa Catarina (41,1 horas), Goiás (41 horas) e o Distrito Federal (40,8 horas).

Por outro lado, os piauenses são os ocupados com a menor jornada média de trabalho semanal (31,1 horas). Logo depois, aparecem os estados do Maranhão (35,1 horas), Acre (35,8 horas) e Rondônia e Bahia (36,6 horas).

Mulheres x homens

Além disso, a pesquisa constatou que, entre 1988 e 2007, as mulheres ocupadas tiveram uma queda de 11,1% na jornada média semanal de trabalho. Enquanto que os homens, no mesmo período, sofreram uma redução de 10%.

Atualmente, a jornada média semanal de trabalho das mulheres é de 35,1 horas. Já a dos homens é de 42,6 horas.

Idade

Com relação à idade, no ano de 2007, os trabalhadores com mais de 24 até 40 anos apresentavam a maior jornada média semanal de trabalho, com 41,1 horas. Em contrapartida, os ocupados com mais de 55 anos de idade registram a menor carga média semanal de trabalho, com 35,4 horas.

Os trabalhadores de até 24 anos, no mesmo período de análise, tiveram uma jornada média semanal de trabalho de 37,1 horas e os ocupados com mais de 40 anos até 55 anos de idade registraram uma carga média semanal de trabalho de 40,5 horas.

Essa notícia foi publicada na Info Money em 29/07/2009

Comentários