RHs querem acelerar carreiras de jovens

Data 28/08/2012

O mundo corporativo pode receber um novo perfil de liderança nos próximos anos. Uma pesquisa da Câmara Americana de Comércio (Amcham), que ouviu 85 profissionais de RH brasileiros, aponta que 80% deles acreditam em aumento consistente, no curto prazo, do número de jovens ocupando cargos de gestão nas empresas.

O cenário de escassez de talentos e de disputa por mão de obra qualificada justifica a velocidade das promoções. Para 74% dos entrevistados, acelerar os planos de carreira de jovens profissionais é hoje uma importante estratégia para reter talentos e impulsionar a competitividade de um negócio.

É por isso que 33% dos consultados informaram que suas companhias já executam programas de formação de jovens líderes, e outros 37% indicaram sentir a necessidade de começar a realizar esse tipo de ação em curto prazo.

Na avaliação dos executivos ouvidos, os setores em que a necessidade de promoção acelerada de jovens é mais acentuada são tecnologia (34%), varejo (18%), comunicação (15%) e indústria (10%).

Gestão dos talentos

Ao promover um jovem a posição de liderança, 67% dos profissionais de RH creem que as empresas devem investir em qualificação comportamental e coaching. Eles defenderam também as práticas de monitoramento e avaliação de desempenho dos novatos (13%) e a criação de planos de carreira personalizados (11%).

A sondagem da Amcham foi aplicada numa reunião do seu comitê de Gestão de Pessoas, realizada em julho deste ano. 

*Essa notícia foi publicada no site Você RH, em 23/08/2012

Comentários