Ritmo de vida faz homens se vestirem de forma mais casual no trabalho

Data 23/02/2010

 

O ritmo de vida frenético, as tendências de moda, o clima, entre outras coisas, têm feito com que os profissionais do sexo masculino se tornem cada vez mais casuais na forma de se vestirem no ambiente de trabalho. Ao menos, essa é a opinião da consultora de comportamento e moda, Rosana Fa.

De acordo com ela, o uso da gravata, por exemplo, tem sido abolido até mesmo em organizações de perfil formal, onde antes seu uso era obrigatório.

“No Japão, no último verão, as gravatas foram eliminadas do vestuário masculino e deixadas dentro dos armários. Acho desumano obrigar o homem a usar terno e gravata no verão, já que o aquecimento do planeta não dá trégua para as temperaturas mais amenas”, argumenta.

O que usar então?

Ainda segundo Rosana, o traje que substitui o terno e a gravata é a calça social e a camisa social, peças 'coringas', que fazem o homem circular bem tanto em ambientes formais como informais.

Entretanto, alerta, especialmente aqueles que trabalham em empresas formais devem priorizar a discrição, optando por camisas lisas ou listradas de cores claras.

As calças em tons de cinza, azul marinho ou preta são as melhores escolhas, sendo que o sapato deve ser preto ou marrom, a meia em tom discreto e o cinto sempre deve combinar com o sapato.

Dentre os acessórios, a mochila, sempre discreta, é uma tendência mesmo para os homens mais formais.

Para não arruinar a produção

Para manter a elegância, contudo, não basta apenas adotar as dicas acima. Existem algumas atitudes que não devem ser tomadas de modo algum.

Como exemplo, Rosana cita o hábito de pendurar celular no cinto ou na calça, de dobrar a manga da camisa mais de duas vezes, de utilizar pochetes, ou ainda de desabotoar mais de um botão da camisa.

Essa notícia foi publicada na Info Money, em 23/02/10