Tecnologia para RH: transformando a gestão de pessoas

Data 12/03/2019
tecnologia para RH

As inovações em tecnologia para RH não param, de forma que as ferramentas estão mudando em uma velocidade até então nunca vista. É o que afirma Josh Bersin, em seu estudo “HR Technology Market 2019: Disruption Ahead”. Segundo ele, Inteligência Artificial (IA), soluções para aumento de produtividade e o foco na experiência do funcionário conduzirão os investimentos tecnológicos neste ano. Mas como as empresas podem aproveitar todos os benefícios trazidos pela tecnologia? O que avaliar na hora de escolher um fornecedor? Confira as reflexões apresentadas pelo especialista em seu relatório.

Segundo Josh, atualmente, não é possível escrever sobre tecnologia para RH sem discutir explicitamente o mundo da análise, IA e processamento cognitivo. Ele relata que People Analytics continua sendo destaque nos investimentos em recursos humanos para 2019, tornando-se a área que mais cresce na profissão (25% das empresas estão contratando funcionários que saibam analisar dados).

tecnologia para RH

Apesar das ferramentas tornarem a análise sobre pessoas mais fácil do que nunca, o especialista comenta que a quantidade de elementos trazidos pelos dados e o escopo de problemas que o RH pode investigar também estão expandindo o número de desafios enfrentados pela área.

Novos desafios, novas tecnologias

Para Josh, o crescimento do mercado de tecnologia para gestão de pessoas, 10% no último ano, confirma que a área tem novas questões para resolver. Segundo ele, o RH sempre teve a responsabilidade de cuidar da folha de pagamento, das relações com funcionários e desenvolvimento dos colaboradores. Mas, hoje, um novo conjunto de demandas relacionadas à gestão de talentos surgiu, levantando novas aspectos que devem ser abordados pelos profissionais. São eles:

  • Justiça e transparência para contratar, promover e desenvolver as pessoas;
  • Diversidade, com inclusão de gênero, idade, raça, formação educacional e mental e capacidade física;
  • Consciência social, a partir de iniciativas responsáveis para a comunidade;
  • Produtividade através da redução das distrações no local de trabalho;
  • Marca empregadora autêntica e relevante para candidatos e colaboradores;
  • Evolução de carreiras com ações para os funcionários incorporarem novos papéis e construírem carreiras com propósito e significado;
  • Relação com autônomos e contrato de trabalho em tempo parcial e flexível;
  • Construção de práticas e utilização de ferramentas que permitam que a empresa seja ágil e centrada nas equipes;
  • Cuidado com o bem-estar, atendendo às demandas dos funcionários por um local de trabalho mais humano, saudável e amistoso;
  • Desenvolvimento de lideranças;
  • Suporte à C-Suíte. Ajudando-os na adaptação às mudanças relacionadas ao impacto da automação e da IA na força de trabalho.

Tecnologia para RH na rotina das pessoas

Como a maioria dos profissionais de RH sabe, é impossível gerenciar pessoas sem ferramentas. Josh afirma que as empresas precisam urgentemente de sistemas para manutenção de registros, remuneração, recrutamento, aprendizado e muitas outras coisas. A questão é: como gerenciar toda essa tecnologia da maneira mais eficaz, simplificada e eficiente?

Para o especialista, a resposta é clara: tecnologia para RH no fluxo de trabalho. Ele destaca que, há 20 anos, as ferramentas eram sistemas de back-office projetadas para serem usadas por gerentes de RH, funcionários de folha de pagamento e administradores da área. Na última década, elas se tornaram úteis para todos, com interfaces que permitem que os funcionários usem a funcionalidade de autoatendimento para gerenciar suas informações, benefícios e várias outras tarefas.

tecnologia para RH

“Se a tecnologia é útil para funcionários e gerentes e se encaixa no dia-a-dia da vida profissional, todos adotarão e serão beneficiados. Se os colaboradores acharem que a tecnologia é uma interrupção no seu trabalho, o RH não ganhará tanto valor”, afirma Josh.

Ele considera que estamos em um dos mais empolgantes e transformadores tempos da tecnologia para RH. Para Josh, as ferramentas, agora, vão muito além dos sistemas de registro e pagamento. “Estamos em uma era em que os sistemas de RH são verdadeiramente sistemas de produtividade”, ressalta.

O que avaliar em um fornecedor de tecnologia para RH?

Com tantas inovações de tecnologia para RH, Josh destaca que as empresas, muitas vezes, têm dificuldade para escolher seus fornecedores. Para contribuir com as companhias, ele lista cinco questões-chave que devem ser consideradas na escolha.

1 – O produto ou o sistema é atraente para os usuários?

Ele reforça que não importa se o RH acha que o sistema é sofisticado ou se a TI gosta da tecnologia. O que importa é se os funcionários vão gostar o suficiente para realmente usá-lo.

2 – O fornecedor oferece o que você precisa?

Josh lembra que no mercado de hoje as empresas devem procurar um parceiro que se esforça para entender suas necessidades de uma forma honesta e tenha a integridade de informar se o produto atende ou não suas necessidades.

3 – O fornecedor tem referência de clientes no seu segmento?

Para o especialista, se um fornecedor não tem de três a cinco clientes do mesmo ramo que o seu, provavelmente, você será um cliente piloto. Segundo ele, isso pode ser bom. Entretanto, Josh recomenda que as companhias tenham atenção: “certifique-se de descobrir isso ao avançar na parceria”.

4 – O fornecedor tem uma equipe de produtos com a qual você pode se relacionar?

Em algum lugar no processo de vendas, você deve conversar com um verdadeiro gerente de produtos e não somente um técnico em vendas, aconselha Josh. Para ele, sua empresa deve ter em seu fornecedor seu arquiteto de tecnologia para RH e verificar se ele tem o domínio sobre as soluções. Tal conversa trará insights valiosos sobre a parceria.

5 – O fornecedor tem viabilidade a longo prazo?

O especialista destaca que bons parceiros de tecnologia para RH têm pontos fortes que vão muito além dos produtos. Eles têm líderes seniores que trazem foco, paixão e intimidade com o cliente; possuem força financeira – seja a lucratividade, seja investidores comprometidos, seja um sólido fluxo de receita recorrente; e dispõem de uma forte e duradoura cultura corporativa.

Quer um fornecedor de tecnologia para RH que esteja antenado às novidades e seja parceiro da sua empresa? Conte com o apoio da LG lugar de gente, maior empresa brasileira especializada em soluções para gestão de pessoas. Conheça nossos produtos clicando aqui.

Texto com informações retiradas do estudo HR Technology Market 2019: Disruption Ahead, disponível na página https://joshbersin.com/hr-tech-disruptions-for-2019