Uma forma inovadora de realizar pesquisas salariais

Data 28/04/2010

 

Nessa época eu era um jovem profissional que iniciava na área, ávido por aprender e aplicar novas ideias que pudessem aprimorar a gestão empresarial. Entretanto, as dificuldades eram imensas, pois não disponibilizávamos de cursos para aprendermos as técnicas e mesmo a literatura a respeito do assunto era bastante escassa.

A grande saída para essa deficiência era o contato com profissionais das empresas que já haviam desenvolvido as metodologias relacionadas à Administração de Cargos e Salários e conheciam o assunto. Para tanto, contávamos com os Grupos Informais, principalmente o GRUPISA – Grupo de Informações Salariais, do qual tive a honra de ser um dos primeiros participantes. Outra forma de aprendermos era estabelecendo contato com o mercado, nos dirigindo a outras empresas para realizar pesquisas salariais, situação em que éramos muito bem recebidos. Nelas, coletávamos as informações que precisávamos e aproveitávamos para conhecer tudo que podíamos sobre a administração de cargos e salários.

O mercado hoje

Hoje, apesar de toda a tecnologia disponível, identifico no mercado uma grande lacuna na troca de informações entre os profissionais. Isso acontece principalmente quando necessitam realizar pesquisas salariais para montar as estruturas de Planos de Cargos e Salários em implantação, ou quando querem acompanhar a validade de suas estruturas no mercado.

Seja em decorrência do enxugamento nas estruturas de RH, seja por absoluta falta de tempo dos profissionais da área, o fato é que, via de regra, a aceitação em participar de uma pesquisa é cada vez mais rara e complicada. Perde-se mais tempo buscando a concordância de participação e montagem do mercado referencial da pesquisa, do que em sua realização propriamente dita.

Uma alternativa para obtermos as informações salariais é a utilização de pesquisas amplas elaboradas por algumas consultorias. Entretanto, essas pesquisas não podem ser consideradas como a fonte mais adequada para a montagem de uma estrutura. Isso porque elas congregam um conjunto de empresas que muitas vezes não se enquadram no parâmetro adequado para a empresa interessada nas informações, por não terem características comuns, seja no ramo ou na região de interesse.

O ideal para se montar e acompanhar estruturas salariais é obter dados de determinado mercado que inclua empresas que competem no mesmo segmento de produto e serviço, além de outras que, em geral, competem na disputa da mão de obra de uma mesma região. 

Outra possibilidade que tem ajudado na realização de pesquisas é a participação em grupos informais de recursos humanos na Internet. 

Nós mesmos participamos de alguns grupos no Yahoo!, tais como: universorh, rhlista, remuneracaoestratégica, rhtreinamentogoias. De certa forma, esses grupos constituem uma alternativa para os profissionais que não participam de grupos informais presenciais.

Inovação

Mais recentemente, surgiu a ideia de se desenvolver um sistema em que as empresas se associariam para manter em um banco de dados as informações que estariam disponíveis para pesquisa, mantendo-se o necessário sigilo das informações e possibilitando a identificação das medidas – média, mediana, quartis, etc – de forma rápida e eficiente. Essa ideia foi transformada em realidade nos dias de hoje nos Sistemas: PAYNET, exclusivo para as empresas que possuem o Sistema HAY, e o SALNET, aberto para empresas em geral. Sistemas que podem ser verificados nos sites: www.pay.net e www.salnet.com.br

Esses sistemas prometem ser uma inovação na forma de se fazer pesquisa salarial, pois, ao utilizar a internet como meio de comunicação, facilita e agiliza o processo e reduz o custo. Tudo isso mantendo o sigilo sobre os salários da empresa, pois ela não mais precisaria abrir suas informações, já que os interessados por esse sistema somente recebem as medidas de determinado mercado selecionado.

José Moacir Jorge é Administrador de Empresas com Especialização em Direção de RH pela FGV e MBA em Tecnologia Educacional pela FAAP, Consultor Empresarial em RH, Autor do livro Remuneração Estratégica, da Editora LTr.