Quais são os maiores desafios da gestão do capital humano? Descubra aqui.

Data 23/04/2019
desafios da gestão do capital humano

Os desafios da gestão do capital humano não são recentes. As organizações sempre lidaram com a necessidade de ter a pessoa certa no lugar certo. Porém, com a chegada de novas tecnologias, a entrada de diferentes gerações no ambiente de trabalho e tantas outras mudanças, esse cenário parece ainda mais complicado.

Prova disso é que, para 47% dos participantes da última edição da Pesquisa Anual Global com CEOS, realizada pela PwC, a qualidade da experiência do cliente está sendo impactada pela falta de habilidades aderentes às necessidades dos negócios. Além disso, está impedindo a inovação e elevando os custos com pessoal. Mesmo sendo prioridade e tendo alto investimento, as companhias estão com dificuldade para encontrar talentos suficientemente preparados em gerenciamento de dados para implantar a Inteligência Artificial com excelência.

desafios da gestão do capital humano

O cenário apontado pela pesquisa reflete a realidade de alguns RHs, que enfrentam: concorrência de talentos, posições-chave não preenchidas, líderes despreparados e colaboradores desmotivados. Compreender esse contexto e saber lidar com os desafios do RH faz com que a gestão do capital humano passe a ser fundamental para a sobrevivência de qualquer companhia. Confira alguns deles abaixo:

Desafio 1 – Atrair e recrutar talentos

Em entrevista à Revista Huma, Mariana Horno, Gerente Sênior da Divisão Legal da Robert Half, empresa de consultoria em recrutamento, afirmou que a batalha por talentos é um dos principais desafios da área de recrutamento. “Os profissionais talentosos são disputados pelo mercado e as organizações precisam ser capazes de desenvolver processos de seleção mais ágeis e consistentes para não perderem o candidato desejado. Soma-se a isso a exigência de manter a oferta de trabalho atraente e competitiva, não só do ponto de vista financeiro, mas também contemplando um plano de carreira bem estruturado e ações de qualidade de vida”, acrescenta a gerente.

Desafio 2 – Desenvolver líderes e colaboradores

Outro dilema enfrentado pela gestão de pessoas é treinar e qualificar profissionais. Isso é um atributo do RH, mas que só é possível de ser realizado com o apoio de gestores e líderes, que são mais próximos às pessoas e conhecem melhor os gaps que precisam ser trabalhados. Portanto, além de aprimorar as competências dos colaboradores, desenvolver bons líderes deve ser prioridade na gestão do capital humano.

Para Felipe Azevedo, Vice-Presidente da LG lugar de gente, colocar novos funcionários para performar o mais rápido possível também é um impasse na hora de desenvolver pessoas. “Quando a empresa não possui trilhas de aprendizado focadas no processo de integração, também chamado de onboarding, o novato fica solto, sem entender e saber como executar suas atribuições”, completa Felipe.

Desafio 3 – Proporcionar um bom clima organizacional

O clima organizacional diz muito sobre a instituição e seus resultados. As empresas prezam por manter um ambiente de trabalho agradável e se preocupam com o bem-estar do colaborador, já que felicidade e satisfação pessoal refletem em produtividade. Inclusive, já foi comprovado por um estudo realizado pela Universidade de Warwick do Reino Unido que a felicidade torna os colaboradores mais produtivos.

Nesse sentido, um dos desafios da gestão do capital humano é lidar com a subjetividade de cada pessoa, que tem uma personalidade única, características e anseios individuais. Isso significa que algo extremamente agradável para alguns, passa despercebido por outros. Portanto, entender as necessidades específicas de cada colaborador e trabalhar isso a favor da companhia, pensando principalmente no clima organizacional, deve ser ação constante do RH.

Desafio 4 – Estar alinhado aos objetivos da organização

Para Thomas Khalil, Diretor de Recursos Humanos da LG lugar de gente, as ações do RH precisam estar alinhadas aos objetivos do negócio. “Saber o que o presidente e os acionistas esperam do departamento faz com que a gestão de pessoas ganhe confiança e expanda sua atuação na empresa”, afirma. Para ele, é fundamental que o RH trabalhe junto com a presidência e conselho administrativo, focados em resultado.

Thomas reforça ainda que a missão da área deve ser apoiar a empresa e ajudá-la a atingir seus objetivos estratégicos por meio de uma gestão de pessoas humana e eficiente. Dessa forma, o RH irá contribuir com o desenvolvimento das pessoas e consequentemente com o crescimento da companhia.

Desafio 5 – Mensurar resultados

Para estar alinhado aos objetivos da organização, também é fundamental que ao RH meça seus resultados. Sendo assim, avaliar o retorno de cada ação é um dos grandes desafios da gestão do capital humano. Muitas vezes, as informações estão descentralizadas e as decisões não são pautadas com dados. Por isso, para mostrar os benefícios da área perante à organização, o RH precisa se livrar de processos burocráticos e, principalmente, contar com apoio de soluções de tecnologia modernas e aderentes à necessidade do seu negócio.

Você também enfrenta esses desafios? Quer saber como superá-los? Assistindo ao webinar “A revolução na Gestão do Capital Humano: ciclo do colaborador na empresa e People Analytics”, é possível entender sobre ferramentas que tornam o RH mais estratégico.

Comentários