fbpx

Gestão de pessoas: ousadia para o sucesso

Data 26/06/2017

Encerrando nossas publicações do mês do RH em comemoração ao dia do profissional dessa área (3 de junho), confira a visão sobre o desenvolvimento de talentos de Sidnei Oliveira, mentor, escritor e consultor de carreira. Essa e outras inspirações estão disponíveis em nosso ebook “O que pensam os grandes líderes de RH do Brasil”.

dia do RH_Sidnei Oliveira

A carreira de Sidnei Oliveira começou cedo. “Fui identificado como ‘high potential’ em uma instituição financeira e isso me proporcionou uma carreira ascendente muito precoce. Nesse trabalho, pude contar com mentores e com desafios que exploraram todo meu talento, inclusive alguns que eu não sabia que possuía. Quando concluí um ciclo profissional como empresário e executivo, decidi investir toda minha experiência para identificar outros jovens potenciais e auxiliá-los a aperfeiçoar, com sucesso, seus talentos”.

Para ele, não restam dúvidas de que o investimento em gestão de pessoas contribui com o sucesso dos resultados do negócio. “Estamos vivendo um tempo de mudanças constantes, as expectativas profissionais se alteram o tempo todo. Investir na maturidade do indivíduo é a melhor forma para a empresa desenvolver o pensamento estratégico que possa suportar esse ambiente de transformações”, comenta o consultor.

Sidnei acredita que o atual momento do país tem modificado o cenário para a área de RH. “A mudança mais visível foi a conscientização dos profissionais mais jovens. Antes, quando havia um cenário mais favorável ao emprego, eles se engajavam muito pouco nas organizações, deixando a companhia ao menor sinal de desconforto. Agora, diante de um cenário mais restrito e competitivo, o jovem encontra na pressão por não ter tantas vagas disponíveis a oportunidade de amadurecimento e desenvolvimento dentro da empresa. Os gestores devem estar preparados para proporcionar condições para que eles demonstrem seus talentos”.

Para o futuro da gestão de pessoas, Sidnei considera que “um dos maiores desafios será equilibrar as expectativas profissionais e pessoais dos funcionários com os objetivos da empresa”. E afirma que há uma transformação nos modelos de gestão: “por algum tempo ainda teremos que conviver com o modelo de gestão coletiva — em que as competências e hierarquia determinam a forma de organização. Mas acredito que, em breve, isso irá mudar para a colaborativa — na qual o resultado e os relacionamentos determinam a forma com que os indivíduos se organizarão. Para chegar nesse ideal, “o maior obstáculo que um gestor de RH tem hoje é se desapegar de métodos que funcionaram no passado e ousar adotar novos. Para assim realmente conquistar um espaço mais estratégico na organização”, revela ele.

Sidnei afirma que quem pretende ser um líder bem-sucedido precisa se arriscar e inovar. “Ousadia nas soluções, assumindo que toda ideia necessita de customização para realidade da empresa. Não acredite em ‘pacotes prontos’. Afinal, é fundamental o respeito às expectativas dos indivíduos”.

 Acesse o ebook “O que pensam os grandes líderes de RH do Brasil” e inspire-se!

dia do rh_ebook

 

Compartilhe:
Comentários