Gestão e liderança: o que muda de uma para outra?

Data 12/09/2017

Você já parou para pensar qual o significado dos termos gestão e liderança? Será que são sinônimos? Ou existe diferença entre eles? Para falar sobre o tema, a LG lugar de gente conversou com Renata Furlan, Coach e Trainer da Crescimentum, que listou algumas dicas para quem deseja descobrir se é verdadeiramente um líder. Confira!

1 – Desenvolver a capacidade de servirgestão e liderança

Renata explica que liderança é uma profunda interferência na vida de outras pessoas, o que torna a decisão de liderar uma escolha pessoal e intransferível. “Envolve doação, sacrifícios e principalmente a arte de servir. Afinal, seres humanos são confiados aos cuidados do líder e se tornarão profissionais melhores ou piores, dependendo da convivência, influência e da forma de liderar”, explica.

2 – Focar no desenvolvimento da equipe

Para a coach, todo líder precisa parar por um instante e fazer a seguinte reflexão: as pessoas da minha equipe estão crescendo e se desenvolvendo ao meu lado? Tenho falado o que as pessoas querem ouvir, ou o que elas verdadeiramente precisam escutar? Meus colaboradores são pessoas melhores e mais qualificadas em consequência da sua liderança?

Ela destaca que em contato com vários líderes, após essas perguntas, vem um profundo silêncio. “Muitas vezes vem a constatação de que, em meio à turbulência do dia a dia, a pressão, as metas e entregas, as pessoas não estão sendo priorizadas. A prioridade é o orçamento, o planejamento, o controle e a estratégia, sendo que isso é gerenciar. A diferença fundamental é que gerenciar é o que fazemos e liderança diz respeito a quem somos”, destaca Renata.

3 – Influenciar e motivar os colaboradores

Renata ressalta que liderança também é o processo de influenciar pessoas. “Liderar significa fazer com que os colaboradores contribuam com entusiasmo, coração e mente para um objetivo comum. Ou seja, se tornem melhores do que são, graças ao líder que soube identificar, estimular, trabalhar como um artesão com paciência, consistência, sem atalhos, na busca da excelência de seus colaboradores”, comenta.

4 – Inspirar credibilidade

A coach destaca que um líder deve sempre inspirar confiança e diminuir o controle, só assim será capaz de entender o que é gestão e liderança. “As pessoas devem acreditar e confiar na sua palavra. Afinal, se seus colaboradores não acreditarem no mensageiro, dificilmente irão acreditar na mensagem. Liderança se faz com exemplos diários. Não dá para aprender a liderar só na teoria, assim como não dá para aprender a nadar lendo um livro. É preciso de prática e dedicação”, completa Renata.

Quer exemplos de liderança para se inspirar? Clique aqui e confira o ebook “O que pensam os grandes líderes de RH do Brasil”!

Comentários