Inclusão e diversidade: veja por que investir nos temas em 2020

Data 17/12/2019
inclusão e diversidade - LG lugar de gente

O índice de empresas que colhem os benefícios da inclusão e diversidade no Brasil ainda é baixo. Segundo dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), menos de 1% da população brasileira com algum tipo de deficiência está empregada, por exemplo. Contudo, as organizações que têm apostado em políticas inclusivas de diversos tipos estão provando que elas são cruciais para o futuro do negócio.

De acordo com dados levantados pelo último ranking As Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil, apurado pela Great Place To Work (GPTW), 83% das companhias eleitas como ótimas empregadoras contam com um profissional responsável por combater a discriminação e promover a diversidade.

inclusão e diversidade - LG lugar de gente

Apesar do movimento recente do governo federal com o PL 6159/2019, que desobrigaria as organizações quanto à destinação de vagas para pessoas com deficiência, Vania Ferrari, Sócia da Pensamentos Transformadores, acredita que as empresas entenderam seu papel social. “Temos grandes desafios, mas notamos que as empresas estão cada vez mais engajadas no tema e cientes do seu papel para acelerar as transformações. O mercado também compreendeu a importância do assunto. Cada vez mais, investidores levam em consideração critérios sociais, como a existência de políticas de diversidade e inclusão na hora de escolher em que empresa irão investir seu dinheiro”, avalia.

Os muitos benefícios da inclusão e diversidade

Em relação aos benefícios da inclusão e diversidade para as empresas, Vania explica que eles são numerosos e cada vez mais relevantes. “Para começar, segundo o Fórum Econômico Mundial, uma das principais competências dos profissionais do século 21 é a capacidade de solucionar problemas complexos. E como isso acontece na prática? Quando unimos conhecimentos e múltiplos olhares, ou seja, quando temos equipes plurais. A sociedade já é diversa: cabe às empresas acolher e valorizar a diversidade, inclusive como diferencial competitivo”, salienta.

Pós-graduada em Gestão de Pessoas e especialista em Melhoria Contínua de Processos, além de Green Belt pela GE e Black Belt pela Telefônica, Vania recomenda que inclusão e diversidade façam parte da estratégia do negócio por uma série de impactos positivos possíveis.

“Segundo o BNDES, empresas com políticas sérias de inclusão são 18% mais rentáveis. Também há aumento na retenção e atração de talentos, engajamento, clima organizacional e produtividade”, enumera a especialista.

Para ela, o sucesso de companhias que apostam nessas políticas está relacionado com o tipo de experiência de trabalho que se estabelece internamente. “Empresas que valorizam a diversidade criam ambientes acolhedores, humanos, colaborativos. Lugares assim estimulam cada profissional a entregar o melhor de si”, esclarece.

Além disso, a especialista pontua que a aposta nessa pluralidade proporciona o crescimento natural do quadro de trabalho. “Equipes com diferentes idades, cores, gêneros, religiões, orientações sexuais, contextos socioculturais, entre outros, terão nessa comunhão a oportunidade de ampliar a sua consciência, a sua visão de mundo, e com isso trazer novas soluções para o negócio”, reforça.

RH como bússola da diversidade

Atuando ao lado de Vania Ferrari, a Sócia da Pensamentos Transformadores, Anna Ferrari, afirma que o RH deve atuar como uma espécie de bússola na busca pelos benefícios da inclusão e diversidade.

inclusão e diversidade
Vania Ferrari e Anna Ferrari, Sócias da Pensamento Transformadores

Para Anna, essa atuação vai do recrutamento à manutenção constante desse propósito. “A área de recursos humanos deve estimular uma cultura de diversidade desde o processo seletivo até a criação de missão, visão e valores que incentivem e fomentem o pensar diferente, o pensar inclusivo, o pensar crítico”, explica.

Para isso, Anna acredita que a capacitação seja o principal divisor de águas para a adoção de políticas de inclusão eficazes. “Outro desafio do RH é orientar e capacitar os líderes, que têm um papel estratégico para promover a diversidade. São eles que irão formar equipes diversas e avaliar de forma justa todos os seus colaboradores. Mas ainda há muito líder que só contrata ou promove aqueles que são iguais a ele”, alerta.

Esforço constante que vale a pena

Nesse sentido, Vania Ferrari ressalta que alcançar os benefícios da inclusão e diversidade na organização requer um cuidado constante. “É preciso treinar continuamente líderes e equipes, para que eles ganhem repertório na hora de falar e praticar a diversidade, além de conseguir identificar e combater vieses inconscientes”, explica a especialista.

Como ela esclarece, esse objetivo pode ser alcançado desde que as ferramentas certas sejam utilizadas. “É importante oferecer conteúdo de qualidade, com uma linguagem que toda a organização compreenda. Palestras, treinamentos on-line, artigos, entre outros formatos, são fundamentais para formar a cultura da diversidade”, frisa.

As sócias responsáveis pela Pensamentos Transformadores explicam que, globalmente, existem movimentos estruturados como os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) lançados pela ONU. Ao todo, são 17 desafios que as empresas precisam cumprir até 2030 e, dada a importância do assunto, a inclusão tem presença de destaque.

“Três dos 17 objetivos estão diretamente conectados à diversidade, tamanha a relevância e urgência do tema. São eles: igualdade de gênero (ODS 5), redução das desigualdades (ODS 10) e trabalho descente e crescimento econômico (ODS 8)”, explica Anna Nogueira.

No entanto, Vania Ferrari ressalta que o cerne da aposta do RH e organizações nos benefícios da inclusão e diversidade está nos resultados desse esforço coletivo de pluralidade para o crescimento do negócio. “A mãe do conhecimento é a diferença. Ninguém aprende com quem é igual. É a diversidade que permite a inovação. Só conseguiremos oferecer as melhores soluções para os nossos clientes se tivermos essa pluralidade de olhares dentro da empresa, em todas as áreas”, completa.

Assista ao vídeo, deixe nos comentários quais são os seus objetivos para 2020 e compartilhe o link​ com todos que possam gostar dessa mensagem.