9 dicas para liderar em um novo normal

Data 01/12/2020

Como liderar em um novo normal? Essa é uma dúvida comum para muitos gestores diante de tantas mudanças em virtude da covid-19. Para Marcelo Simonato, Executivo, Escritor e Palestrante, Especialista em Liderança e Gestão de Pessoas, é possível evidenciar uma série de eventos recentes que alteraram os hábitos e as rotinas corporativas e que exigem um novo posicionamento dos líderes.

O especialista destaca os novos formatos de trabalho. “Se antes a carga horária era de oito horas por dia, para alguns ela foi reduzida juntamente com o salário. Para outros, trabalhar em casa, apesar da suposta comodidade, trouxe na verdade um aumento no número de horas em frente ao computador”, relembra.

Apesar de acreditar que as mudanças começaram de maneira incerta e de forma retraída, ele ressalta que o “novo normal” se expandiu rapidamente e passou a existir como um estilo de trabalho.

Para confirmar sua visão sobre o tema, Marcelo relembra uma publicação do Jornal Gazeta, edição julho de 2020. “Estudos confirmam que as Tendências de Marketing e Tecnologia de 2020 elevarão o trabalho remoto, fazendo-o crescer 30% depois da pandemia do coronavírus no Brasil. E mesmo para quem não puder trabalhar de casa, adaptações nos escritórios devem acontecer, visando manter a distância segura para os trabalhadores, além de escalas de horários diferenciados”, destaca. 

Dicas para liderar em um novo normal

Mas as perguntas que não querem calar neste momento são: diante de toda essa transição do “novo normal”, como os líderes podem cuidar da comunicação com suas equipes, manter a motivação e garantir que as metas serão atingidas? Agora que todos estão atuando de seus lares, como o líder de sucesso mantém os resultados, engajamento e produtividade de quando estavam no escritório?

Para responder essas questões, Marcelo lista nove ações que pratica com sua equipe e que podem contribuir os gestores que ainda enfrentam desafios para liderar em um novo normal:

1. Conheça cada colaborador do seu time (não apenas suas habilidades ou diplomas, mas também o indivíduo por trás do crachá);

2. Faça reuniões regularmente com cada área e individualmente para tratar de temas mais específicos;

3. Seja um mentor ou coach para seus liderados;

4. Invista em treinamentos e capacitação;

5. Crie caminhos de comunicação para ouvi-los;

6. Ofereça feedbacks constantes e esteja aberto a receber também;

7. Tenha flexibilidade para ajustar os planos quando necessário;

8. Demonstre preocupação com os resultados, mas também com cada indivíduo;

9. Exponha os resultados e metas da área e da empresa para manter todos alinhados.

Para Marcelo, essas são algumas mudanças de hábitos que podem ajudar os gestores a liderar em um novo normal. “Se aplicadas constantemente, serão um diferencial para conquistar a confiança, driblar os guardiões da resistência inconsciente e melhorar os resultados do seu pessoal”, conclui.

Gostou das dicas? Esse foi um dos temas debatidos na 27ª edição da Revista Huma. Quer conferir outras lições que podem contribuir com a gestão de pessoas da sua empresa? Clique aqui e faça o download gratuito da revista.

Compartilhe:

Comentários