People Analytics e RH: saiba como os números humanizam sua organização

Data 04/08/2020

Observando a união entre People Analytics e RH fica claro como a transformação digital tem trazido avanços para o ambiente de trabalho. O uso da análise de dados sobre pessoas possibilita a humanização dos processos e um posicionamento cada vez mais estratégico da área de recursos humanos.

Por isso, a ferramenta se tornou parte vital do sucesso do gerenciamento de qualquer empresa. É o que argumenta Vivian Drudi, Consultora de Projetos. “Com os dados gerados pelo People Analytics, a área de recursos humanos consegue investigar, por exemplo, padrões nos conflitos organizacionais, indicadores de performance, índices de turnover e nível de engajamento, além de outras análises relacionadas à produtividade”.

Como aliar People Analytics e RH?

De acordo com Vivian, a união entre People Analytics e RH precisa ser acompanhada de uma mudança de mindset por parte dos profissionais que atuam nessa área. Isso é fundamental para que o modelo tradicional seja transformado em um em que a tecnologia e os dados estejam a serviço das pessoas.

A especialista ressalta a importância da área possuir uma postura estratégica e conectada aos objetivos da organização, característica que tem se tornado cada vez mais demandada pelo mercado.

people analytics analisando dados

Em quais problemas o People Analytics pode atuar?

Segundo Vivian, os indicadores de RH, quando usados como parte de um planejamento cuidadoso, respondem a alguns dos principais entraves que as empresas desejam solucionar ou mesmo prever.

Nesse cenário, a especialista aponta exemplos de gargalos que podem ser mitigados:

  • Baixa produtividade nas vendas;
  • Baixo engajamento dos profissionais;
  • Dificuldade de retenção de talentos;
  • Queda na satisfação dos clientes, dentre outros pontos.

Além disso, a Consultora de Projetos frisa como essa leitura amparada em dados serve para humanizar a gestão. “Quando usamos dados para entender o comportamento das pessoas dentro das organizações, conseguimos compreender com mais clareza e objetividade o que as fazem eficientes, felizes, criativas e especialistas”, pontua.

O surgimento de um novo RH

Por fim, Vivian destaca que é necessário desmistificar a ideia de que o monitoramento de indicadores é utilizado apenas para justificar demissões. Ao contrário disso, ela explica que as informações extraídas permitem o alinhamento de expectativas e necessidades de colaboradores e empresa.

Para ela, os dados e indicadores resultam em uma gestão de talentos mais assertiva, promove políticas de retenção e é fundamental para o desenvolvimento de uma cultura inclusiva, focada em um clima organizacional positivo.

Como Vivian reforça, alinhar a ferramenta ao trabalho do RH significa refinar a gestão de pessoas. “Intervir com People Analytics é coletar, armazenar, processar e interpretar dados para serem utilizados nas empresas de forma a deixar seus processos mais eficientes, seja na seleção, recrutamento ou desenvolvimento dos colaboradores”, completa.

Quer entender melhor como o People Analytics pode ajudar sua empresa? Conheça a solução Gen.te Pensa – Analytics e tenha um RH mais assertivo e estratégico com base na análise de dados sobre pessoas.

Comentários