RH em ação: cuidando da saúde e bem-estar dos colaboradores

Data 27/10/2020

A saúde e bem-estar dos colaboradores são pontos que merecem a devida atenção da área de Recursos Humanos das empresas. Conforme dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), cerca de 300 milhões de pessoas sofrem com a depressão no mundo e essa será a doença que mais incapacita profissionais em 2020.

O estudo também indica que os transtornos mentais já fazem parte da rotina de 30% dos trabalhadores ao redor do mundo e, no Brasil, já representam a terceira maior causa de pedidos do benefício de auxílio-doença.

Por isso, a importância de ações dentro das empresas que auxiliem na saúde, como forma de ajudar a melhorar a experiência de trabalho dos colaboradores.

Ana Artigas, Psicóloga e Fundadora do Instituto Inteligência Relacional, explica que, quando ocorre um processo de extremo estresse, o organismo começa a depositar toda a energia para se proteger dessa situação. E, em consequência, o corpo não consegue funcionar de outra forma, ficando praticamente paralisado.

A profissional esclarece que isso acontece porque nosso organismo não consegue operar simultaneamente com os dois mecanismos, de defesa e aprendizagem. “Por isso, cuidar da saúde é tão importante, não só da mental como da física. Quando o seu organismo está saudável você pode se disponibilizar mais para o trabalho do que para o seu instinto de proteção”, garante a Ana.

Como manter a saúde no trabalho?

O local de trabalho é parte essencial da vida das pessoas. Por isso, estar em uma empresa que invista no capital humano, com ações que aliviam as sobrecargas mental e física, é fundamental.

Isso porque, como relata Ana, o ambiente de trabalho é um dos locais que mais geram estresse. Alguns dos fatores que contribuem para isso são as inúmeras cobranças por resultados e relações ruins com os colegas e superiores.

Diante desse cenário, a psicóloga aponta algumas situações que merecem cautela quando se trata da saúde e bem-estar dos colaboradores:

1 – Home office e a sobrecarga de trabalho

Um ponto destacado por Ana é o fato de o problema não estar no home office, mas sim na sobrecarga que ocorre durante esse período. Além disso, ela afirma que dependendo da área de atuação o trabalho remoto pode ser até benéfico, desde que tenha um ambiente agradável para isso.

“Quando você consegue ficar em silêncio e não está dividindo o seu espaço com muitas pessoas, às vezes, é até mais interessante do que os barulhos de uma empresa, como telefone, gente passando e conversando”, assegura a psicóloga.

2 – Saúde física

Ela também enfatiza que alguns problemas físicos podem reverberar na saúde mental, como estar em uma posição ruim, trabalhar em um ambiente tumultuado, o computador não ter sido ajustado corretamente, entre outros.

Não estar atento ao ambiente do trabalho remoto pode fazer muito mal para a saúde corporal, como aponta a psicóloga, “porque pode desencadear Lesão por Esforço Repetitivo (LER) e dores no corpo. Com o tempo, pode causar estresse e irritabilidade, repercutindo, sem dúvida, na sua saúde mental”, relata.

3 – Relações de trabalho

Ana Artigas afirma que todo o nosso cotidiano é recheado de relações interpessoais e, quanto melhor for esse convívio, melhor é a sua entrega para as pessoas. Quando há um bom relacionamento com os gestores e as equipes, o ambiente é mais neutro e a entrega de resultados consegue ser mais fácil.

No entanto, isso não acontece quando a relação é ruim, pois, segundo a psicóloga, quando o “ambiente ou as pessoas são tóxicas, isso acarreta em algo negativo para o emocional e o organismo. Como consequência, você começa a produzir menos ou sem vontade, já que não tem um bom relacionamento com as pessoas”, reforça.

Ações para a saúde e bem-estar dos colaboradores

Dentre as ações que contribuem para o bem-estar e saúde das pessoas, as campanhas de meses coloridos vêm, cada vez mais, sendo aderidas pelas empresas. Esse movimento nasceu com o objetivo de alertar a população sobre o perigo de várias patologias e incentivar a busca pelo diagnóstico precoce.

Danilo Camapum, Gerente de Gente e Gestão da LG lugar de gente

Diante disso, Danilo Camapum, Gerente de Gente e Gestão da LG lugar de gente, cita a percepção que a empresa tem desse tipo de atuação para a conscientização. “A gente vê em várias perspectivas a questão dos meses coloridos, afinal, somos um coletivo. Enquanto empresa, representamos uma fatia da sociedade. Aqui, estamos falando de mais de 500 pessoas”, cita o especialista.

A mobilização ajuda na disseminação de informação, estímulo à mudança de hábitos e realização de exames. E, dentro das empresas, a área de Recursos Humanos tem um papel fundamental pela busca da saúde e bem-estar dos colaboradores.

O Gerente de Gente e Gestão explica que o RH é responsável por viabilizar as ações que contribuem para a saúde dos funcionários. E que existem dois aspectos importantes nessas campanhas: “a prevenção do colaborador, que pode ser atingido pelos males dos meses coloridos. E a sensação boa ao se praticar a conscientização, fazendo um movimento coletivo para o bem”, aponta Danilo.

Setembro Amarelo, Outubro Rosa e Novembro Azul estão sempre em destaque pelas ações, principalmente, dentro das companhias. E, mesmo durante a pandemia, muitas dessas atividades foram promovidas no formato on-line.

Como afirma Danilo: “Promovemos a experiência da cor daquele mês, fizemos fundo de Teams, colorimos a intranet, pedimos para os colaboradores vestirem a roupa da cor, sem esquecer do principal, passar o recado e a mensagem da campanha”.

De acordo com ele, outras atividades foram realizadas durante cada mês. Como a participação da Especialista em Mindfulness, Aline Sostag, em setembro, que propôs uma dinâmica com os colaboradores no evento virtual.

Já no mês de outubro, a empresa promoveu uma ginástica laboral especial, com sorteios e também focada na importância do tema, com a divulgação de informações do exame de prevenção, como evidencia o especialista: “No Outubro Rosa, falamos da importância de prevenir o câncer de mama e da necessidade do autoexame”.

Danilo Camapum defende o aprofundamento da discussão sobre o tema das campanhas para os colaboradores. “A LG lugar de gente faz com que aquele mês seja presente, não somente no sentido de colocar uma cor, mas de que a pessoa entenda a necessidade daquilo”, conclui.

Precisa de ajuda para cuidar da saúde e bem-estar dos colaboradores? A LG lugar de gente conta soluções que digitalizam o seu RH sem perder a humanização. Clique aqui e converse com um de nossos consultores.