8 dicas para evolução do aprendizado organizacional em 2020

Data 02/01/2020
aprendizado organizacional

Um novo cenário nos negócios, com um panorama tecnológico de inovação constante e mudanças significativas, demanda preparação e evolução contínua dos colaboradores nas empresas. Não é à toa que o relatório da Delloite Global Human Capital Trends 2019 aponta que o aprendizado organizacional é considerado o principal desafio das empresas atualmente.

aprendizado organizacional

Com base em estudos, experiências e pesquisas, Patricia Chagas, especialista em Aprendizagem Corporativa, observa algumas tendências para evolução do aprendizado organizacional em 2020. Confira quais são elas:

1 – Mindset de crescimento

De acordo com a especialista, para criar uma cultura de aprendizado e experimentação contínua, empresas como a Microsoft adotam princípios do Mindset de Crescimento. “O foco, nesse caso, está em facilitar a prática de novas habilidades, desenvolver a persistência e a abertura ao aprendizado, bem como criar um time com interesses diversos para trazer inovação”, ressalta.

2 – Learning in the flow of work/life

Outra tendência observada por Patricia é o Lifelong Learning. “Há algum tempo, os momentos considerados como ‘de aprendizado’ eram restritos a treinamentos e cursos. Atualmente, está claro que a busca por conhecimento é contínua: ao longo da vida nas interações sociais fora do ambiente de trabalho, em experiências de vida, em filmes e em leituras”.

aprendizado organizacional
Patricia Chagas, especialista em Aprendizagem Corporativa

Para ela, dentro das organizações a busca pelo conhecimento deve ser realizada todos os dias. “No trabalho, o aprendizado acontece durante a execução das funções do colaborador, favorecendo a performance do indivíduo, segundo o modelo 70 20 10, criado na década de 90 pelos pesquisadores Morgan McCall, Robert Eichinger e Michael Lombardo, do Center for Creative Leadership, fornecedora global de desenvolvimento de lideranças”, comenta.

3 – Aprendizado colaborativo e conhecimento compartilhado

Patrícia reforça que incentivar a troca de conhecimento entre os colaboradores também é uma tendência para a evolução do aprendizado organizacional em 2020. “Dentro das companhias, as experiências de aprendizagem precisam contemplar o conteúdo compartilhado entre as pessoas. Essas experiências podem ser utilizadas pelas empresas na busca de soluções para o negócio, por exemplo”.

4 – Plataformas mobile: encontros presenciais mais efetivos

Para ela, hoje, o acesso mobile a diferentes plataformas contribui significativamente com a aprendizagem organizacional e ainda permitem uma boa experiência para os colaboradores. “Podemos usar plataformas de comunicação como Yammer e Workplace, bem como de microlearning e de vídeo junto com as iniciativas presenciais”, acrescenta Patricia.

5 – Inteligência Artificial e automação

Outra tendência apontada por Patricia é o uso de Chabots e Inteligência Artificial (IA). “Essas novas tecnologias apoiam tutores e professores, com o objetivo de aumentar a personalização no acesso de conteúdo para quem aprende. Muitas plataformas estão evoluindo para serem adaptativas, com a utilização desses recursos”, destaca ela.

6 – Personalização

A especialista lembra que, segundo Josh Bersin, a personalização é a tendência que mais cresce na aprendizagem organizacional. “Personalizar é usar os recursos de mobile, vídeo, IA, curadoria e recomendação de conteúdo a favor de cada profissional, oferecendo aquilo que mais faz sentido para ele, no momento e no formato mais adequado”, afirma a especialista.

7 – Desenvolver habilidades ao invés de focar no conteúdo

Patrícia acrescenta que há uma crescente personalização e foco na experiência de aprendizado, no “learning in the flow of work/life”. “O modo de aprender torna-se cada vez mais adaptativo, centrado no indivíduo e em suas novas habilidades, enquanto a métrica passa a ser baseada na performance do colaborador”.

8 – Novas habilidades para T&D

Para fechar a lista de tendências de aprendizado organizacional, Patrícia fala das equipes de treinamento e desenvolvimento. “Tradicionalmente, os times de T&D precisam entregar treinamentos, entender de avaliações, conhecer design instrucional e saber fazer a gestãodo LMS. Mesmo que isso continue importante em muitas empresas, é preciso que o profissional da área busque uma atualização das habilidades, um upskilling. Análise de dados, curadoria de conteúdo, design de experiência, design thinking, vídeo, comunicação, metodologias ágeis, entre outros, são fatores importantes para quem quer trabalhar com aprendizado organizacional no futuro”.

Quer garantir a evolução do aprendizado organizacional em 2020? Conte com o apoio da solução Gen.te Aprende – Treinamento e PDI da LG lugar de gente. Com ela, você poderá capacitar os talentos utilizando diferentes formatos, como vídeos, artigos, podcasts, games e ter uma visão completa do desenvolvimento de cada colaborador. Clique aqui para conhecer a ferramenta.