4 dicas para aliar comunicação e liderança

Data 15/12/2017
comunicação e liderança

De acordo com a “1ª Pesquisa Nacional com a Média Liderança”, realizada em 2016 pela Agência Ação Integrada, com mais de 2.200 líderes brasileiros, 84% dos participantes afirmam que as informações compartilhadas por eles são as mais lembradas por seus colaboradores. Isso reforça a importância do papel do gestor no repasse das estratégias da empresa. Mas de que forma comunicação e liderança podem caminhar juntas?

Para a Diretora de Serviços da LG lugar de gente, Renata Martins, um bom líder aprende a utilizar a comunicação a seu favor. “Comunicar é partilhar, tornar comum. Portanto, pressupõe a interação e, principalmente, o saber ouvir. Quando o assunto é liderança, ela é o instrumento básico capaz de promover e multiplicar mudanças positivas, além de ser fundamental para gerar laços de confiança com equipe, pares, gestores e clientes”, explica.

comunicação e liderança

Mas, afinal, como aplicar essa habilidade na prática? Renata lista 4 dicas com base na sua experiência de mais de 15 anos de carreira à frente de equipes de diversas áreas. Confira!

1 – Desenvolva a comunicação

Segundo Renata, comunicação é uma competência e, portanto, pode ser aperfeiçoada dia após dia. “Muitas vezes, ela é apontada como a grande dificuldade das companhias para atingirem seus objetivos. Já que, infelizmente, nem todos os gestores compreendem a necessidade de aprimorar essa habilidade. Mas sempre podemos mudar esse cenário”, garante a diretora.

2 – Defina propósitos

Na opinião da diretora, a maneira como o gestor comunica aos liderados “o que fazer” e “como fazer” é um dos princípios básicos do relacionamento. “É importante também deixar claro o ‘por que fazer’, ou seja, o propósito das coisas. Isso vai gerar atitude, motivação e engajamento, além de trazer resultados transformadores e vantagens competitivas”, completa Renata.

3 – Crie oportunidades

Renata ressalta que os líderes precisam trabalhar com consciência, a fim de reverter o paradigma “problema de comunicação” para “oportunidade pela excelência da comunicação”. “Comunicar bem é essencial para que o gestor consiga contribuir com o desenvolvimento do negócio, já que a comunicação permeia praticamente todos os processos de uma gestão. Quando um novo funcionário entra na empresa, por exemplo, somente com uma comunicação bem estruturada é possível inseri-lo na sua nova equipe, promover a integração, apresentar os valores e objetivos da companhia e a importância do trabalho dele para o alcance das metas”, pontua.

4 – Coloque em prática

Mas o que é preciso para aprimorar esse processo e usá-lo a favor dos resultados? Para Renata, a resposta é: praticar. “É essencial tomar consciência dos nossos padrões de comunicação, dos sinais e reações dos liderados, pedindo sempre o feedback deles. O foco não pode ser pessoal, mas sim na relação com o outro. Muitas vezes, achamos que nos comunicamos bem, mas frequentemente as pessoas são influenciadas pela forma como se sentem em relação a nós e não pelo que falamos. É importante ainda adaptar a comunicação ao tipo de interlocutor”, comenta ela.

A diretora reforça ainda que combinar comunicação e liderança significa investir em relacionamento, engajamento e assertividade das ações dos gestores. “A responsabilidade por esse aperfeiçoamento é tanto dos líderes como também das empresas, que podem criar trilhas de desenvolvimento para essa competência”, finaliza Renata.

Gostou das dicas? Fique por dentro de outras lições sobre liderança no ebook “O que pensam os grandes líderes de RH do Brasil”! Clique aqui e faça o download!

Compartilhe:

Comentários