Gestão de pessoas: atuando sem fórmulas prontas

Data 12/06/2017

No mês do RH, para comemorar o dia do profissional dessa área (3 de junho), a LG lugar de gente convidou personalidades influentes do mercado de gestão de pessoas para contar suas histórias e compartilhar lições de liderança. Confira a história inspiradora de Patrícia Coimbra, Diretora de RH e de Sustentabilidade da SulAmérica, uma das inspirações disponíveis em nosso ebook “O que pensam os grandes líderes de RH do Brasil”.

dia do rh

“Depois de passar por diferentes áreas, percebi que o RH é a que tem menos respostas prontas, pois envolve relações. E isso traz complexidade juntamente com o desafio de propor soluções simples, o que é fascinante”, conta Patrícia Coimbra, hoje Diretora de RH e Sustentabilidade da SulAmérica, sobre uma de suas motivações de ter escolhido a área de gestão de pessoas para atuar.

Patrícia conta que nem sempre esteve à frente do RH em sua carreira. Na verdade, o início da sua trajetória foi em TI, depois ela migrou para as áreas de planejamento financeiro, econômico e estratégico. “Deste último, surgiu a excelente oportunidade de contribuir para a transformação da área de treinamento de uma organização na qual eu trabalhava. A partir daí, grande parte da minha carreira foi em Recursos Humanos. Comecei em 2013, na SulAmérica, sendo responsável por todos os processos de RH e, há mais de um ano, também estou à frente da área de sustentabilidade”, comenta a diretora de RH.

As mudanças de carreiras e projetos representaram grandes desafios para Patrícia. Mas além disso, ela complementa que equilibrar projetos pessoais e profissionais nem sempre foi uma tarefa fácil: “O melhor passo é conhecer sua motivação, seu projeto, a cada momento da sua vida, e ter a coragem de tomar decisões difíceis, como por exemplo: sair de uma excelente empresa em busca de um ambiente mais desafiador, onde você coloca em risco seus resultados, mas aprende novas competências; ou priorizar sua família e abrir mão de uma excelente movimentação de mercado”.

Sobre o trabalho com Recursos Humanos, Patrícia Coimbra entende que “a missão da área é alavancar a estratégia e a sustentabilidade dos resultados da companhia, promovendo ações que fortaleçam a organização e as pessoas, em um ambiente que propicie crescimento e engajamento”.

Nesse sentido, ela reforça que o maior prazer de trabalhar com gestão de pessoas são as inúmeras possibilidades que a área, por ser subjetiva, traz: “É não ter respostas e fórmulas prontas. No RH, temos o desafio de propor processos e ferramentas para a organização e sua cadeia de valor, que incluam as contribuições e desenvolvimento das pessoas”, ressalta Patrícia.

Ela ainda acredita que o principal papel do RH é apoiar a liderança e as equipes para que eles possam fazer melhor as suas atividades, alinhadas aos desafios da companhia. “São eles que fazem acontecer, nós, de RH, apenas ajudamos. As soluções e ferramentas de gestão propostas por nós devem ser relevantes para o negócio, e úteis e simples para as pessoas. O nosso objetivo é promover um ambiente de transparência e construção, onde todos possam cooperar”, finaliza a diretora de RH e Sustentabilidade da SulAmérica.

Acesse o ebook “O que pensam os grandes líderes de RH do Brasil” e inspire-se!

Comentários