Por que a Olé Consignado escolheu o software de RH da LG lugar de gente?

Data 04/06/2019

O que a empresa deve levar em consideração ao comprar um software de RH? Que aspectos da parceria e dos produtos devem ser avaliados? Que atribuições o fornecedor deve ter? A Olé Consignado, empresa de crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS e funcionários públicos, é cliente da LG lugar de gente desde 2015 e destaca a importância de uma parceria sólida com o fornecedor de tecnologia para gestão de pessoas.

Fruto de uma joint venture entre os Bancos Bonsucesso e Santander, a companhia já nasceu robusta, com uma rede de 38 lojas, cerca de 600 funcionários e faturamento de R$ 40 milhões/mês, em 2015. Para o Superintendente de Gestão de Pessoas da Olé Consignado, Alexandre Guedes, a escolha da LG lugar de gente foi uma decisão óbvia. Segundo ele, como os bancos Bonsucesso e Santander já eram clientes de longa data da LG, a parceria com a empresa foi natural. “Não dava para errar na escolha da solução de tecnologia que iria gerenciar nosso capital humano”, reforça.

Olé Consignado software de RH LG
Alexandre Guedes, Superintendente de Gestão de Pessoas da Olé Consignado

Ele explica que, após um período de evolução dos processos, a Olé Consignado foi até o mercado para sondar outros módulos de RH. Mais uma vez, a melhor opção foi a LG lugar de gente. “Buscamos outros subsistemas como o orçamento de pessoal e toda a parte de desenvolvimento. Então, definimos por manter não apenas a folha de pagamento da LG, mas as demais soluções”, explica o superintendente de Gestão de Pessoas.

Ele cita quatro motivos que o levaram a buscar a LG lugar de gente como parceira de software de RH:

1- Entregas em dia ao eSocial

Além de automatizar a folha de pagamento e os processos de departamento pessoal, a Olé Consignado precisava de ajuda com os desafios de adequação ao eSocial. Nesse cenário de tantas dificuldades, a empresa contou com o apoio da LG. “Com a criação da joint venture no meio do processo de implantação do eSocial, nós estávamos atrasados com essa atividade. Olhamos para o mercado e as empresas estavam contratando consultorias e especialistas, e montando equipes paralelas. Então, propusemos à LG o desafio de fazer esse processo a quatro mãos. Fizemos um projeto grande e, em um período de três a seis meses, conseguimos implantar o eSocial, assim como enviamos todos os arquivos ao governo federal. Não tivemos nenhum retorno ou problema interno com os sistemas. Foi um case de bastante sucesso”, reforça Alexandre.

2- Independência para o colaborador

Com a ajuda do Gen.te Flui – Workflow e do Gen.te Agrega – Autoatendimento, Alexandre comenta que a área de gestão de pessoas vem conseguindo dar mais autonomia ao funcionário. “Sem a morosidade de uma pessoa para atendê-lo, o colaborador pode entrar no portal e ter acesso às informações que ele deseja, de forma a resolver seus problemas. A liderança também não tem mais que mandar e-mail ou ligar para ter acesso à solicitação de férias e aos processos de admissão, por exemplo. Tudo fica disponível de forma on-line”, ressalta Alexandre.

Segundo ele, ao investir em um sistema que facilita as tarefas e os processos diários de recursos humanos, a gestão de pessoas consegue ter mais tempo para fazer ações diferenciadas para os colaboradores. “Para que possamos trabalhar com novos projetos, nos colocarmos no lugar do colaborador, entendermos as dores dele e atuarmos com uma visão de RH 4.0, é preciso automatizar as atividades manuais”, reforça.

3- Solução integrada

Para Alexandre, cada vez mais o RH precisa trabalhar com simplicidade. “Quando você começa a ter módulos de empresas diferentes, existe uma complexidade nessa junção. Não só pela questão de dar mais assertividade ao trabalho, mas pela segurança da informação. Eu entendo que precisamos buscar menos complexidade, centralizar tudo em uma empresa que consiga atender nos diversos subsistemas. Isso para gente é trabalhar com simplicidade. Com módulos integrados, conseguimos ter uma visão geral do colaborador”, explica.

4- Relacionamento próximo

Alexandre faz questão de destacar que, nessa busca por melhorar a experiência do colaborador, vários questionamentos foram feitos sobre a capacidade da Suíte Gen.te no início da parceria.

“A LG foi muito transparente e mostrou o que ela tinha naquele momento e o que estava previsto na evolução do produto. As demandas que solicitamos e que não estavam planejadas foram incluídas no roadmap. Então, essa agilidade em escutar o cliente, em entender que o usuário final é o funcionário, bem como essa boa vontade em querer ajudar, nos faz continuar escolhendo a parceria da LG lugar de gente”, pontua.

Dentre os vários fatores de sucesso do relacionamento com a LG, Alexandre comenta dois segredos da parceria: atendimento e proximidade. “Apesar de sermos uma empresa que está crescendo muito, somos consideradas de pequeno a médio porte. Comparando com outros clientes que a LG possui, essas companhias são mais robustas. Ainda assim, nosso atendimento é individualizado e muito próximo. Quando ligamos e apresentamos alguma necessidade, conseguimos obter facilmente o apoio da LG, não apenas pelos canais principais, mas também por meio do atendimento comercial e do pessoal do pós-venda”, finaliza.

Quer saber mais sobre os módulos de RH utilizados pela Olé Consignado e sobre a parceria com a LG lugar de gente? Assista ao vídeo e confira a entrevista completa. Para acessar o material, clique aqui.